Tantas palavras

Tantas palavras

Por José Carlos Vieira Esta seção circula de terça a sábado/ cartas: SIG, Quadra 2, Lote 340 / CEP 70.610-901
postado em 18/10/2018 00:00
Atentado Poético Opus Varejo

atravesso, fim de tarde,

a rua.

fui aonde sempre ia,

prateleiras vazias.

não havia ninguém com dizeres na camisa:

posso ajudar?

um amarelo airado descia sobre as mercadorias.

uma caixa no centro das máquinas operadoras silentes.

(a caixa silenciosa também)

5:40

tenho vontade de fumar.

pergunto o que houve.

a caixa maquinalmente responde: falimos.


Éz Macêdo


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação