A família cresceu

A família cresceu

Audi Q8 é o mais novo SUV da marca no Brasil. Equipado com motor V6 de 340cv, tração quattro, alta performance, qualidade, beleza e muita tecnologia, tem preços que vão de R$ 472 mil a R$ 504 mil

» Enio Greco
postado em 22/08/2019 00:00
 (foto: Fotos: Audi/Divulgação)
(foto: Fotos: Audi/Divulgação)


Mogi Guaçu (SP) ; A família de SUVs da Audi ganhou um novo integrante no Brasil. Trata-se do Q8, que foi lançado na Europa em setembro do ano passado e desembarca agora por aqui. O SUV de luxo e dimensões generosas chega equipado com motor V6 de 340cv e câmbio automático de oito velocidades. Será vendido em duas versões, com preços promocionais de R$ 471.990 a R$ 503.990. Dirigimos o Q8 no Autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu.

A Audi classifica o Q8 como um SUV de alta performance, o topo de linha da família, que mescla as características de um cupê de quatro portas com as de um utilitário esportivo. Desde que foi lançado, no ano passado, foram vendidas mais de 21 mil unidades do modelo.

Um dos pontos fortes do Audi Q8 é sem dúvida o visual. Ele segue as linhas de outros modelos da marca, mas traz alguns detalhes que reforçam sua robustez. A começar pela grade, com moldura octogonal (uma referência ao nome do SUV), ampla abertura e parte interna no estilo grelha mais larga. Os faróis full LED Matrix, com adaptação automática, têm desenho horizontalizado. O para-choque tem estilo esportivo, com saia e grandes molduras para os faróis de neblina.

Detalhe interessante nas laterais é a linha de cintura mais baixa, para reforçar a esportividade. Os para-lamas trazem uma saliência nas caixas de rodas, conferindo um aspecto mais parrudo ao SUV. A traseira tem lanternas unidas por uma linha horizontal luminosa, formando conjunto único. As rodas de liga leve, de 21 polegadas, também reforçam a esportividade. Mas opcionalmente o cliente pode levar rodas de 22 polegadas com pneus 285/40, pagando por isso mais R$ 15 mil.

O Audi Q8 tem dimensões generosas. São 4,98m de comprimento, 2,19m de largura, 1,70m de altura e 2,99m de distância entre-eixos. Apesar do tamanho, o modelo é um pouco menor e mais baixo do que é Q7. Com essas medidas, o Q8 oferece amplo espaço interno, tanto na frente quanto atrás, onde três passageiros se acomodam bem, mas os dois das laterais vão com mais conforto. Quem senta ali tem comandos para o ar-condicionado automático digital e duas entradas USB. Os bancos dianteiros têm desenho esportivo, com abas laterais e ajustes elétricos. O porta-malas tem 605 litros de capacidade com o banco traseiro na posição normal, mas, se o encosto for rebatido, pode chegar a 1.755 litros. E para abrir a tampa, basta passar o pé sob o para-choque traseiro, fechando depois por meio de uma tecla na parte interna dela.

O acabamento interno é sofisticado, com revestimento em couro e costura aparente nos bancos, além de material emborrachado no painel, que tem desenho com linhas horizontalizadas. O Q8 é equipado com o sistema multimídia MMI Touch, com tela tátil de 10,1 polegadas, navegação nativa, mapas em 3D e fácil conexão com smartphones por meio de aplicativos. O ar-condicionado digital de quatro zonas também tem tela tátil. O painel de instrumentos conta com o conhecido Audi Virtual Cockpit, que permite diferentes configurações em uma tela full HD de 12,3 polegadas. O motorista pode alterar o tamanho dos instrumentos e ainda visualizar o mapa do GPS bem à sua frente.


Motor

Outro destaque do Audi Q8 é o conjunto mecânico. O SUV é equipado com motor 3.0 TFSI, que despeja 340cv e 51kgfm de torque. Muita força e potência para tirar os 2.340 quilos do grandalhão da inércia. Atuando em conjunto com o motor, a transmissão tiptronic de oito velocidades garante trocas de marchas rápidas, sem trancos. Com esse conjunto, o Audi Q8 acelera até 100km/h em 5,9 segundos, com máxima limitada em 250km/h. O modelo traz ainda o sistema de tração quattro, que em condições normais atua com 40% do torque no eixo dianteiro e 60% no eixo traseiro.

O sistema de tração usa nova tecnologia de assistência elétrica, composta por uma bateria de íons de lítio e um alternador de correia (BAS) em um sistema elétrico primário de 48 volts. De acordo com os engenheiros da Audi, o SUV pode se deslocar em velocidades entre 55km/h e 160km/h com o motor desligado e, em seguida, o BAS reinicia o propulsor rapidamente. Durante a desaceleração, o BAS pode recuperar até 12kW de energia.

O modelo é equipado com sistema start-stop, que começa a funcionar quando o veículo atinge 22km/h. Entre os sistemas de assistência à condução, destaque para o Traffic Jam Assist, que combina o controle de cruzeiro adaptativo com o Audi Lane Assist, ajudando o motorista a manter o carro na mesma velocidade, dentro da faixa, fazendo atuar o freio em caso de possível colisão. Em situação de trânsito pesado, o sistema adapta automaticamente a velocidade à situação de tráfego.

As suspensões contam com cinco braços na dianteira e na traseira, com elementos de alumínio para reduzir o peso. O resultado é um rodar macio no asfalto, filtrando bem as imperfeições do solo. O modelo traz ainda o Audi Drive Select, que permite a seleção de sete modos de condução, incluindo o programa off-road. Tem ainda a opção da suspensão pneumática adaptativa, que pode variar a altura em relação ao solo do SUV de e 22cm a 25,4cm. Nas situações de off road, a tração quattro atua automaticamente e a plataforma eletrônica do chassi captura o ângulo de inclinação do carro e exibe as informações para o motorista no MMI. E nos casos de descidas em encostas íngremes, o carro conta com controle que aciona o freio automaticamente, mantendo a velocidade a até um máximo de 30km/h.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação