Identidade preservada

Identidade preservada

Modelo de entrada do Novo Onix traz lista mais completa de itens de série de toda a categoria. Com motor turbo mais econômico, movido a gasolina, pode fazer até 17km/l trafegando nas rodovias

» Erika Manhatys*
postado em 19/09/2019 00:00
 (foto: General Motors/Divulgação)
(foto: General Motors/Divulgação)


Porto Alegre (RS) ; Pensando na fidelidade do seu público majoritário, os jovens, o Novo Onix chega ao mercado até novembro trazendo a conectividade como estandarte. O moderninho tem duas opções de motorização na versão hatch, sendo uma com motor de 1.0l aspirado e 1.0l com turbo três cilindros, alcançando 82cv e torque de 10,6kgfm e 116cv/16,8kgfm, respectivamente. A potência do turbo acelera de 0 a 100km/h em até 9,7 segundos.

A GM garante que o Novo Onix possui o motor turbo mais econômico e, segundo avaliação do Inmetro, é mesmo poupador. Abastecido com gasolina, ele faz cerca de 17 km/l na estrada e 13,7 km/l na cidade. Já com etanol, o consumo é de 12,2 km/l e 9,6 km/l, respectivamente. Números válidos tanto para o hatch, quanto para o modelo sedã.

A economia do motor foi evidenciada em test drive, realizado na apresentação do veículo, no Rio Grande do Sul, na semana passada. Em rodovia e empreendendo a velocidade permitida na via de 110 km/h, o computador acusava consumo médio de 12,1 km/l, com etanol. O câmbio automático de seis marchas da versão Premier, topo de linha, não conta com paddle shift. A mudança de marchas é suave, e o turbo responde bem às pisadas. A questão da trepidação decorrente de número ímpar de cilindros foi bem trabalhada pela GM, proporcionando uma viagem silenciosa, sem o bate-bate percebido nos veículos concorrentes.

Mais espaçoso, o Onix Plus ganhou 19,4 centímetros de comprimento, 4,1cm de largura e o entre eixos foi incrementado com mais 7,2cm, em comparação ao Prisma. Números sentidos na acomodação, motoristas e passageiros contam com boa distância para joelhos e ombros. O chassi foi reforçado com utilização de 17% mais aço de alta resistência.

O peso do carro foi enxugado, a nova suspensão perdeu 6kg e o sistema de propulsão também eliminou mais 15kg. A redução não comprometeu a estabilidade e dirigibilidade. Empreendendo velocidade média de 140km/h nas curvas da autovia gaúcha, o carro se manteve estável e ;colado ao chão;, mesmo com a presença dos fortes ventos laterais comuns da região. O novo eixo traseiro ficou quatro vezes mais rígido, alteração que pode ser sentida no volante.

Tecnologia

O sistema MyLink está renovado, com respostas rápidas e funções de primeira linha. Nomeada ;conectividade nível 4;, a tecnologia traz o carro para dentro do celular e leva a uma navegação ágil e segura, graças ao wi-fi nativo. A experiência inovadora é proposta pela montadora com qualidade ímpar. O sistema,equipado com antena doze vezes mais potente que as conhecidas pelos smartphones, tem sinal com 15 metros de alcance ao redor do veículo e suporta até sete dispositivos conectados simultaneamente.

Ingressando no mercado junto ao Novo Onix, o aplicativo myChevrolet, disponível nas plataformas Android e IOS, oferece aos usuários centenas de comodidades. Por meio do App, é possível avaliar a dinâmica de condução, configurar alertas e acompanhar todas as informações do computador de bordo do veículo. O programa concierge da Chevrolet, o OnStar está disponível para uso gratuito nos primeiros 10 anos. Dentre as funcionalidades, estão disponíveis o acionamento de socorro em caso de acidentes, auxílio na recuperação de veículo roubado, além de comando remoto.

O acesso via bluetooth também foi melhorado, agora, é possível conectar dois aparelhos simultaneamente. O MyLink é compatível com os sistemas Android Auto e Apple CarPlay. Duas entradas USB foram disponibilizadas para quem viaja no banco traseiro, comodidade de carregamento para todos os passageiros.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação