BR-040 vai ser devolvida

BR-040 vai ser devolvida

postado em 12/09/2017 00:00
Depois da administradora do Aeroporto de Viracopos, em Campinas, agora é a vez da Investimentos e Participações em Infraestrutura (Invepar) devolver a concessão. A Invepar informou ontem que a Via 040, concessionária que explora o trecho entre Brasília (DF) e Juiz de Fora (MG) da BR-040, pedirá adesão ao processo de relicitação da rodovia proposto pelo governo federal.

;A concessionária adotará as providências necessárias para o cumprimento das condições estabelecidas em lei para o processo de relicitação;, afirmou, em nota. A Via 040 ressaltou que ;continuará operando normalmente de forma a garantir a segurança e o atendimento 24 horas aos seus usuários;.

O expediente da relicitação foi criado pela Lei n; 13.448, de junho de 2017, para permitir a devolução de empreendimentos concedidos a empresas sem condições de cumprir os contratos. Tanto Viracopos quanto a BR-040 fizeram parte do Programa de Investimento em Logística (PIL) do governo Dilma Rousseff, cujas concessões estão com problemas. As rodovias da terceira etapa do PIL estão com as obras paralisadas por falta de financiamento e aguardam uma medida provisória que contemple o reequilíbrio econômico dos contratos.

A BR-040 foi concedida na primeira etapa do PIL. Para especialistas em infraestrutura, além de o cenário econômico ter mudado, com retração na demanda das rodovias, a maioria das concessionárias tinha, no consórcio vencedor dos leilões, construtoras envolvidas na Lava-Jato, que perderam a capacidade de obter crédito e fazer os investimentos previstos. Alguns analistas dizem, ainda, que as outorgas do governo anterior foram superestimadas. Não à toa, os aeroportos concedidos por Dilma Rousseff estão com o pagamento das parcelas em atraso. (SK)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação