Seis passos para viver e com saúde

postado em 29/12/2013 00:00
 (foto: Pedro Motta/Esp. EM %u2013 4/10/11)
(foto: Pedro Motta/Esp. EM %u2013 4/10/11)


Fim de ano é tempo de avaliar o que passou e planejar mudanças. Depois de se despedir de 2013, siga os seis passos propostos pelo médica radiologista Maria Teresa Natel e pelo urologista Leonardo Piber, do Centro de Diagnósticos Brasil (CDB), e pelo oftalmologista Renato Neves, do Hospital de Olhos Eye Care, em São Paulo, e tenha uma vida mais feliz e saudável no ano que se aproxima.

1. Faça exames
As mulheres devem ser submetidas à mamografia anualmente depois dos 40 anos. Para os homens, a orientação é fazer o exame de toque retal e a dosagem de PSA (antígeno prostático específico) total no sangue a partir dos 50. É importante realizar o eletrocardiograma todo ano, em alguns casos complementado por teste ergométrico e ecodopplercardiograma, ao fim da primeira década de vida.

2. Tome vacinas
De acordo com o Ministério da Saúde, foram registradas no Brasil mais de 70 mil mortes relacionadas à gripe somente em 2008, incluindo complicações de pneumonia e bronquite.

3. Seja fisicamente ativo
Todos devem se preocupar em fazer atividades aeróbicas e fortalecer os músculos de forma regular. Os exercícios melhoram o sistema cardiovascular e proporcionam momentos de diversão. É recomendado realizar 30 minutos de atividades (caminhar, nadar, andar de bicicleta, jogar futebol, por exemplo) diariamente ou duas horas e meia por semana.

4. Coma mais frutas e vegetais
Adotar uma dieta saudável está associada a um risco menor de câncer, doenças do coração e diabetes. Os alimentos antioxidantes também beneficiam a saúde ocular, retardando doenças como catarata, degeneração macular e olho seco. O ideal é ingerir pelo menos cinco porções de frutas e vegetais por dia.

5. Pare de fumar
O cigarro ainda é a maior causa de mortes no Brasil e que pode ser evitada. O hábito de fumar é um fator de risco que está diretamente relacionado a doenças como o enfisema pulmonar e câncer.

6. Controle a pressão arterial
Mais comum entre as mulheres, a hipertensão responde por metade de todas as mortes por derrame ou problemas cardíacos no Brasil. Para viver mais e melhor, é importante medir a pressão com regularidade, tomar os medicamentos prescritos pelo médico e modificar o estilo de vida ; reduzindo a quantidade de sal na comida, parando de fumar e fazendo mais exercícios.


TENDÊNCIAS PARA O VERÃO
O verão promete trazer dias de muito sol e calor. Para estar bonita em todas as ocasiões e por dentro das principais tendências da estação, o hairstylist e maquiador Marcus Martinelli dá dicas preciosas para as mulheres de todos os tipos e idades. As loiras podem apostar em tons platinados, como o da atriz americana e ícone da moda Marilyn Monroe, mas devem lembrar que a hidratação constante é fundamental, pois a descoloração resseca os fios. Já as morenas podem deixar um pouco de lado as mechas californianas, destaque nas temporadas passadas, e investir em uma luminosidade mais discreta nas madeixas, que se estendem por todo o cabelo. Os tons castanho-claros também estarão em alta.

HERÓIS NO COMBATE AO CÂNCER


Quem é seu super-herói? Crianças e adolescentes em tratamento contra o câncer aceitaram o desafio de responder à pergunta com papel e caneta em mãos. Com criatividade, os 100 participantes mostraram quem são as pessoas que dão força para que eles possam enfrentar a luta diária. Personagens dos quadrinhos, médicos, familiares e figuras religiosas são alguns dos heróis lembrados pelos pacientes. Os 20 vencedores do concurso Pequenos desenhistas, realizado pela segunda vez pelo Centro de Quimioterapia Antiblástica e Imunoterapia (CQAI), são os autores dos desenhos que ilustram o calendário 2014 da unidade de saúde responsável pelo serviço de oncologia da Santa Casa de Belo Horizonte.

INSEMINAÇÃO X FERTILIZAÇÃO
Há planos de aumentar a família em 2014? Se você está com dificuldade para engravidar, é importante conhecer as diferenças entre as técnicas disponíveis para casos de infertilidade. A ginecologista da Life Clínica, em Campinas, interior de São Paulo, Juliane Lotuffo, explica que na inseminação artificial a ovulação é induzida e o sêmen é colhido e tratado. Na sequência, o espermatozoide é injetado dentro no útero no momento do pico ovulatório. A fertilização in vitro é um procedimento mais complexo, pois é preciso estimular a ovulação com hormônios injetáveis, com o intuito de produzir óvulos que serão coletados e levados para o laboratório. Em paralelo, o homem irá colher o sêmen. Nesse caso, serão implantados pré-embriões na mulher.

A PIMENTA REINA


Não é milagre. Comer pimenta ajudar você a emagrecer, porque ela está no grupo dos alimentos termogênicos. Eles ajudam a acelerar o metabolismo, aumentam a temperatura interna do corpo e estimulam a queima de calorias. A nutricionista do Centro de Cirurgia Obesidade e Metabólica, Lorença Dalcanale, explica que o organismo precisa de mais energia para digerir a pimenta, o que leva a um aumento do gasto calórico. O ideal é consumir três gramas por dia. Lorença alerta, no entanto, que os termogênicos não podem ser considerados milagrosos. De nada adiantará o consumo para a perda de peso se não houver uma mudança nos hábitos alimentares e no
estilo de vida.

O CORAÇÃO AGRADECE


Ame ou odeie, mas não despreze o pequi. O fruto originário do cerrado brasileiro ; que tempera muitos pratos em Minas Gerais ; tem o poder de limpar a gordura do organismo, prevenindo doenças cardiovasculares. A descoberta vem da Universidade de Brasília (UnB), onde pesquisadores desenvolveram um extrato a partir da polpa de pequi. A substância age como se fosse um azeite extravirgem, pois consegue diminuir o colesterol ruim (LDL), impedindo que ele forme placas de gordura nos vasos sanguíneos. A vantagem é que a matéria-prima está bem próxima dos brasileiros. Dê uma chance para o pequi e comprove que ele pode ser um importante amigo do seu coração.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação