Elegância cristalizada

Elegância cristalizada

postado em 19/04/2017 00:00
 (foto: Fotos: Renato Weil/EM/D.A Press)
(foto: Fotos: Renato Weil/EM/D.A Press)


Poços de Caldas guarda todo o requinte da antiga nobreza que se radicava na cidade, durante o verão, fugindo da pestilenta capital do Império. Fundidos a 1.450 graus, numa mistura de quartzo, sódio e outros elementos da areia, destacam-se os cristais de Murano, remanescentes de antigas tradições da Veneza italiana, com mais de 50 anos atuando em Poços de Caldas.

A maior produtora de cristais da América Latina, a São Marcos segue as técnicas de artistas italianos, levadas para Minas pelos irmãos Antônio Carlos e Paulo Molinari que, aos 11 e 8 anos, respectivamente, aprenderam o manuseio da arte com o italiano Aldo Bonora. Outra herança histórica e requintada pode ser encontrada no Complexo da Urca, bem próximo. Nas charretes, é possível se fazer belo passeio pelas cristaleiras.

Objetos de cristais, verdadeiras obras de arte, podem ser vistos no processo de fabricação na fundição Cá D;Oro ; traduzindo: Casa do Ouro. Trabalho totalmente artesanal e manual, é comandado, desde a década de 1990, por Adriano Seguso, filho do muranense Mario Seguso, que chegou ao Brasil em 1954.



O colorido das peças decorativas é impecável, um luxo. Luxo que, em Poços de Caldas, não termina por aí. Antes da partida, um café no alpendre do chalé monarquista em estilo do Tirol ; região da Áustria ; com seus lambrequis adornando os telhados e as bandeiras de ferro sobre as portas altas, na construção de cor azul. Um charme para construção de 1894, denominada Cristiano Osório, e totalmente restaurada em 1992. Para não ficar somente no passado, há um pavilhão em arquitetura moderna, distribuído por mil metros quadrados, onde são feitas exposições, concertos, recitais e peças de teatro. (RJ)


Visite
Quem gosta de esportes náuticos ou uma uma relaxante pescaria tem a opção de visitar a Represa do Bortolan, que geralmente está fora do circuito tradicional de turismo de Poços de Caldas. O lago possui 3,45 km de área, o que possibilita passeios de escuna, pedalinho e jet ski, que podem ser alugados nos bares e hotéis que ficam às margens do local. Os preços são variáveis.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação