Revisão na balança

Revisão na balança

postado em 02/07/2019 00:00

O governo revisou a estimativa para o saldo comercial em 2019 e espera um resultado de US$ 56,7 bilhões, ante US$ 50 bilhões da projeção anterior. O saldo maior, no entanto, é acompanhado por projeção de queda na corrente de comércio de 2%, com recuo nas exportações, também de 2%, e de 1,9% nas importações, ante 2018.

No ano passado, o resultado comercial ficou em US$ 58 bilhões. ;A nossa expectativa para o saldo da balança neste ano é conservadora. A economia global tem retração e nós sofremos como consequência disso;, afirmou o secretário de Comércio Exterior do Ministério da Economia, Lucas Ferraz.

No acumulado do ano até junho, a balança tem superavit de US$ 27,130 bilhões, ante US$ 30,017 bilhões no primeiro semestre de 2018. Em junho, o saldo foi positivo em US$ 5,019 bilhões, 13,3% menor do que o registrado em junho de 2018

O presidente da Associação Brasileira de Comércio Exterior (AEB), José Augusto de Castro, analisa que o prolongamento da crise da Argentina tem afetado as exportações de manufaturados. Além disso, o Brasil exportará menos soja para o resto do mundo. A previsão da AEB para a exportação de soja em 2019 é de 72 milhões de toneladas, ante o embarque de 83 milhões de toneladas de 2018.

No período, houve um aumento nas vendas de produtos básicos (+10,68%) e queda de manufaturados (-7,18%) e semimanufaturados (-6,78%). Nas compras, as maiores altas foram de adubos e fertilizantes (40,54%), aeronaves e peças (38,64%).

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação