CR7 contra o feiticeiro (e a grana africana)

CR7 contra o feiticeiro (e a grana africana)

Portugal e Gana se enfrentam, às 13h, no Mané Garrincha, no confronto que pode marcar a eliminação dos dois da Copa. Em ameaça de greve por premiação, ganeses recebem US$ 3 milhões, que desembarcaram em Brasília no início da noite de ontem

AMANDA MARTIMON GUSTAVO MARCONDES RODRIGO ANTONELLI VÍTOR DE MORAES
postado em 26/06/2014 00:00
 (foto: Reprodução/TV Globo

)
(foto: Reprodução/TV Globo )


Três milhões de dólares, em espécie, garantiram a disputa do duelo entre Portugal e Gana, hoje, às 13h, no Mané Garrincha, pelo Grupo G da Copa do Mundo. O valor se refere à premiação exigida pelos jogadores da equipe africana por direitos de imagem no torneio. Eles ameaçavam não entrar em campo se não tivessem na mão US$ 100 mil cada um. O montante chegou ontem à noite a Brasília, em avião fretado pelo governo ganês. O dinheiro foi escoltado pela Polícia Federal até o hotel da delegação. Imagens da TV Globo mostraram os atletas recebendo as cédulas ontem mesmo.

A Associação Ganesa de Futebol (GFA) informou, em comunicado, que os direitos de imagem serão pagos pelo governo federal e que o montante vai ser ressarcido quando, ao fim da Copa, a entidade receber o prêmio por participação no torneio.

Na terça-feira, os atletas boicotaram o treinamento em Brasília porque a grana não havia chegado. Ontem à tarde, na entrevista coletiva no Mané Garrincha, o meia Christian Atsu jurou que o time entraria em campo diante dos portugueses de qualquer jeito. ;Mesmo que não recebamos o dinheiro, estamos na Copa, com o mundo inteiro olhando para nós, então não vamos deixar de jogar;, disse.

Boicote
A greve, por sinal, ocupou a maior parte do tempo da entrevista coletiva. A história tomou proporções mundiais. Atsu foi questionado até sobre a maneira como guardaria os US$ 100 mil ; valor não confirmado por ele ou pelo técnico James Appiah. Constrangido, disse na mala.

Os jogadores ameaçaram a paralisação por não quererem o valor dos direitos de imagem transferido eletronicamente, como havia sido combinado com a Associação Ganesa de Futebol, e sim em espécie. ;Pagar em espécie é uma prática comum no nosso país. Alguns jogadores não têm nem conta bancária em Gana, e isso dificulta o depósito;, disse Appiah.

O treinador demonstra ser um dos mais abalados com a repercussão negativa do boicote. Paciente e visivelmente cansado, ele respondeu a todas as perguntas sobre o tema. ;Estou há dois dias sem dormir;, entregou.

;Não podemos ter esse medo. Temos de ter respeito, dignidade, trabalho. Nós temos um jogo, e eles, outro. Nós só podemos jogar o nosso;
Paulo Bento, técnico português

;Tivemos uma reunião com nosso capitão (Asamoah Gyan) e fechamos o grupo para fazer uma grande partida, independentemente dos problemas financeiros que surgiram;
Christian Atsu, meia-atacante

A matemática da classificação
; Alemanha e EUA: precisam de um empate para garantir a vaga nas oitavas. Nesse caso, os alemães ficam com a primeira colocação.
; Gana: tem de vencer Portugal e torcer pela derrota dos EUA. No caso de os alemães perderem, precisa descontar o saldo de gols.
; Portugal: tem de golear Gana, torcer pela derrota dos EUA e descontar cinco gols de saldo.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação