Técnico suíço encerra carreira

Técnico suíço encerra carreira

postado em 02/07/2014 00:00
 (foto: Paul Hanna/Reuters)
(foto: Paul Hanna/Reuters)


São Paulo ; Abatido após a eliminação nos minutos finais da prorrogação em sua última partida como treinador de futebol, Ottmar Hitzfeld fez questão de valorizar a participação da Suíça na Copa 2014. ;Quero dar os parabéns para a Suíça. Foi uma honra estar à frente desta seleção e tenho orgulho de poder dar adeus com o coração cheio de emoções;, disse Hitzfeld, que deixa o comando da Suíça para dedicar-se exclusivamente à atividade como comentarista na tevê alemã. ;Infelizmente, não chegamos aos pênaltis, mas deixamos o Brasil de cabeça erguida;, continuou o técnico.
;Nós dificultamos a vida da Argentina, que é um excelente time. Sabemos que o Messi pode decidir o jogo em um segundo, que ele tem qualidade suficiente para fazer isso, e foi o que fez no passe para Di María;, analisou o agora ex-treinador da Suíça, aposentado aos 65 anos de idade, após seis temporadas à frente da seleção europeia. ;Meu time entrou em campo disposto a dar sangue para se classificar. Tivemos boas oportunidades e uma bola na trave. Fiz questão de agradecer os jogadores porque eles foram magníficos pela seleção e pela Suíça;, enalteceu.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação