Daniel Alves teme novo 7 x 1

Daniel Alves teme novo 7 x 1

postado em 22/08/2014 00:00
 (foto: Lluis Gene/AFP - 16/5/14)
(foto: Lluis Gene/AFP - 16/5/14)


Esquecido pelo técnico Dunga na convocação da Seleção Brasileira para os amistosos contra a Colômbia e o Equador, em setembro, o lateral-direito Daniel Alves fez duras críticas ao futebol nacional em uma entrevista coletiva concedida no Barcelona. O jogador não citou nomes diretamente, mas, nas entrelinhas, colocou em xeque o trabalho de Luiz Felipe Scolari e de Carlos Alberto Parreira não somente no 7 x 1 diante da Alemanha, mas durante toda a competição.

;Depois de uma Copa do Mundo, sempre se buscam os maus, os culpados, e eu me coloco na linha de frente. Eu sou assim, e às vezes isso é bom, às vezes é ruim... Mas não se pode competir com a imprensa;, desabafou Daniel Alves. ;Primeiro, disseram que eu iria jogar, depois me tiraram... Não entendi. Mas tenho que estar preparado para aceitar o bom e o mau;, afirmou, demonstrando rancor por ter sido barrado por Maicon a partir das quartas de final.

Nas semifinais, contra a Alemanha, Daniel Alves treinou na lateral direita e na meia. No fim, não jogou em nenhum das posições. Felipão preferiu Maicon e Bernard. ;Nosso time não foi bem preparado e encontramos uma equipe que trabalhou bem, que nos deu uma lição do que se deve fazer, uma equipe que tem seis anos na mesma base;, avaliou Daniel Alves, ao elogiar os alemães.

Ao falar sobre o que Brasil deve fazer a partir de agora para recuperar o prestígio, Daniel Alves colocou ainda mais o dedo na ferida e mandou recado para Dunga. ;Nós não tínhamos tanto trabalho assim, começamos com ideias diferentes. No fim, levamos sete, mas poderíamos ter levado 10. Se aprendermos a lição, poderemos competir nas próximas vezes. Se não aprendermos, podemos levar sete outra vez;, disparou.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação