Em Brasília para arrecadar mais

Em Brasília para arrecadar mais

postado em 19/03/2015 00:00
O Atlético-MG fechou o Campeonato Brasileiro de 2014 no Estádio Nacional Mané Garrincha ; num 0 x 0 com o Botafogo ;, e o grande rival do Galo vai abrir a competição nacional deste ano em Brasília. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou o confronto do Cruzeiro com o Corinthians, em 10 de maio, pela primeira rodada, para a arena candanga.

Atual campeão da Série A, o Cruzeiro virá à cidade para cumprir suspensão por perda de mando. A Raposa foi obrigada a atuar em uma distância mínima de 100km de sua sede por causa dos incidentes ocorridos no clássico contra o Atlético-MG, em 21 de setembro, no confronto válido pela 23; rodada do Brasileiro-2014.

Apesar de ter lamentado o fato de não estrear diante de sua torcida, o presidente da Raposa aposta na capital do país para diminuir o esperado prejuízo financeiro com a saída do jogo do Mineirão. ;Prefiro levar para Brasília, porque a experiência em termos de receita foi a melhor;, afirmou Gilvan Tavares no início do mês. ;Tem muito mineiro em Brasília e muito torcedor do Cruzeiro.;

No Brasileirão do ano passado, o Cruzeiro atuou na arena candanga, mas o mando de campo era do Atlético-PR ; o Furacão não atuou em casa porque pagava punição, imposta pelo STJD, devido à confusão de torcidas na partida contra o Vasco no Nacional de 2013. Mesmo com o time reserva, a Raposa venceu por 3 x 2, diante de quase 12 mil pessoas, a maioria fãs do time celeste. A renda foi de R$ 863.335.

O Cruzeiro também marcou presença no Mané Garrincha já nesta temporada. Disputou na cidade um amistoso contra o Shakhtar Donetsk, que terminou empatado por 1 x 1. O jogo foi acompanhado por 6.872 pagantes, com renda de R$ 511.480.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação