Atrás das grades

Atrás das grades

postado em 01/07/2015 00:00
 (foto: Reuters - 30/11/13)
(foto: Reuters - 30/11/13)
Quem são os principais ativistas egípcios presos por
protestar contra o regime de Abdel Fattah El-Sisi:


Ahmed Maher, 34 anos
Um dos líderes do Movimento Juvenil 6 de Abril, foi preso em 30 de novembro de 2013, acusado de envolvimento em um protesto não autorizado quatro dias antes. Foi condenado a três anos de prisão, com trabalho forçado, além de multa de US$ 6,5 mil.


Ahmed Douma, 25 anos
Além de um dos líderes do Movimento Juvenil 6 de Abril, é blogueiro e ativista conhecido. Foi capturado por soldados em 3 de dezembro de 2013, por supostamente ter protestado diante do prédio da Corte. Cumpre penas somadas de 31 anos de prisão.


Alaa Abd El-Fattah, 33 anos
Figura importante da oposição egípcia, foi sentenciado a 5 anos de prisão por protestar diante da sede do parlamento, em novembro de 2013. Na cadeia, se submeteu a repetidas greves de fome, a fim de protestar contra a própria condição.


Yara Sallam, 29 anos
Detida em 21 de junho de 2014, após manifestação no bairro de Heliópolis, no Cairo. Quatro meses depois, foi condenada a 3 anos de prisão ; a pena acabou reduzida para 3 anos, após pagamento de fiança de US$ 1,3 mil.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação