Desafio é a subida

Desafio é a subida

postado em 17/09/2015 00:00
 (foto: Nelson Almeida/AFP - 31/12/13)
(foto: Nelson Almeida/AFP - 31/12/13)


A etapa seguinte da preparação para 15km na São Silvestre é treinar rampas, com o objetivo de enfrentar a subida da Avenida Brigadeiro Luis Antônio, trecho da prova que mais exige do físico. O técnico Lucas Gualberto aconselha subir com velocidade trechos de 250m a 300m e descer trotando ao menos uma vez por semana. Mas essa distância e a intensidade dependerá do nível no qual a pessoa está. Segundo treinadores, cada perfil se adapta a um tipo de evolução. De acordo com Gualberto, o ideal é que o progresso semanal seja de cerca de 5% para se atingir a meta.

O técnico Rogério Aviani acredita que, após dois meses de treino, o trabalho com rampas já pode ser feito pelos atletas iniciantes, sem que haja prejuízo nas articulações. O especialista ressalta, no entanto, que o prazo varia de pessoa para pessoa.

Nas duas semanas que antecedem a São Silvestre, os treinadores aconselham uma desaceleração. Eles aconselham que a última corrida longa seja de 12km a 14km, 15 dias antes da prova. Depois, os atletas devem percorrer distâncias menores e em um ritmo mais tranquilo para que a musculatura não fique desgastada.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação