Curtas

Curtas

postado em 18/12/2015 00:00

; AÇÃO PENAL
Ilegalidade no gramado do Mané

O ex-presidente da Novacap Nilson Martorelli e a ex-presidente da Terracap Maruska Lima de Souza Holanda são alvo de mais uma ação penal. Segundo o Ministério Público do Distrito Federal, eles são acusados de favorecer o grupo Greenleaf Projetos no contrato para instalação do gramado do Estádio Nacional. ;Os denunciados, de forma livre e consciente, admitiram, possibilitaram e deram causa a modificações e vantagens, inclusive prorrogações contratuais, em favor da empresa;, diz um trecho da ação penal proposta pelos promotores que integram a Força-Tarefa do MP. Por conta de modificações contratuais realizadas após a licitação, o preço do serviço teria subido de R$ 5,9 milhões para R$ 6,6 milhões. Os promotores compararam os valores do contrato com os firmados para a colocação de grama em outras arenas construídas para a Copa do Mundo, como as de Manaus e do Rio de Janeiro. Martorelli e Maruska já são alvo de outra ação penal proposta pelo MPDF no mês passado, por conta de supostas irregularidades na reforma do Autódromo Nelson Piquet.


; BRAZLÂNDIA
Operação desarticula gangues

A Polícia Civil do DF realizou ontem uma operação de combate à formação de gangues instaladas nas quadras 33 e 34, em Brazlândia, envolvidas com o tráfico de drogas na região. A ação, comandada pela 18; Delegacia de Polícia (Brazlândia), contou com o apoio das Divisões de Operações Especiais e Aérea da PCDF. No total, 120 agentes participaram da ação. Foram realizados dois flagrantes de tráfico de drogas e porte de arma de fogo, e quatro mandados de prisão e 25 de busca e apreensão cumpridos. Quinze pessoas foram conduzidas à delegacia. Segundo informações da PCDF, armas de fogo, armas brancas, veículos, drogas, munição, celulares, eletroeletrônicos estavam com integrantes dos grupos. Cinco adolescentes foram encaminhados à Delegacia da Criança e do Adolescente.


; JUSTIÇA
14 anos

Foi a pena recebida por Paulo Henrique Pereira dos Santos. A condenação, a ser cumprida inicialmente em regime fechado, ocorreu pelo assassinato de André dos Santos Silva por conta de uma disputa de terreno irregular invadido. O crime aconteceu em 30 de abril de 2014, no Sol Nascente, em Ceilândia.


CRIME
Preso suspeito de matar adolescente

Um dos dois suspeitos de assassinar o estudante Rodrigo Júnior Ferreira Monteiro, 13 anos, morto após ser baleado durante uma perseguição entre traficantes em Formosa, foi preso ontem pela Polícia Civil. Leonardo Batista da Silva, 22, estava na casa da mãe, fazendo as malas para fugir. Pela manhã, ele quase foi preso, mas conseguiu escapar. Rodrigo Júnior estava voltando da casa da avó, no Parque Lago, bairro de periferia no município goiano, quando foi atingido por uma bala disparada de dentro de um Gol vermelho. O caso ocorreu em 16 de novembro e, desde então, o suspeito e o comparsa dele, que tem um mandado de prisão expedido, são procurados.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação