Bernie Sanders aposta em virada

Bernie Sanders aposta em virada

Pesquisa aponta Sanders três pontos percentuais atrás de Hillary nas convenções de Iowa. O senador aposta na mobilização dos jovens eleitores para vencer no estado e impulsionar a candidatura. Entre os republicanos, Trump segue como favorito

postado em 01/02/2016 00:00
 (foto: Alex Wong/Getty Images/AFP)
(foto: Alex Wong/Getty Images/AFP)

Às vésperas das estratégicas convenções de Iowa, marcadas para hoje, os principais pré-candidatos à Presidência dos Estados Unidos intensificaram as atividades de campanha para garantir o maior número possível de participantes no processo de nomeação dos partidos. Na ala governista, o senador eleito pelo estado de Vermont, Bernie Sanders, apostou suas fichas nos jovens eleitores para tentar derrotar a favorita à indicação democrata, a ex-secretária de Estado Hillary Clinton. Segundo pesquisa encomendada pelo jornal The Des Moines Register, o mais influente de Iowa e que apenas falhou em suas previsões uma vez ; na disputa pela nomeação republicana de 2012 ;, Hillary lidera as sondagens eleitorais do estado com 45% de apoio, seguida de perto por Sanders, com 42%.


As convenções de Iowa são a primeira etapa para que os partidos escolham quem serão seus representantes na eleição presidencial de novembro. O resultado no estado deve impulsionar a candidatura de quem sair vitorioso e influenciar as primárias e convenções seguintes.


Com propostas progressistas e um discurso mais à esquerda do espectro político, o crescimento de Sanders nas pesquisas eleitorais do estado despertou dúvidas sobre a consistência da campanha de Hillary. Na noite de sábado, o senador realizou mais um discurso acalorado contra a ;classe dos multimilionários;, em evento na Universidade de Iowa. A estratégia de Sanders é aproveitar o entusiasmo dos jovens que lotam seus eventos para garantir uma alta participação de seus apoiadores na convenção democrata. Uma mobilização significativa pode garantir a ele uma vitória sobre a ex-secretária de Estado. ;Se a participação for forte, venceremos;, proclamou o senador.

Doações

Mesmo que ele não saia vitorioso em Iowa, a movimentação que criou na disputa pela nomeação do partido foi suficiente para impulsionar novas doações para sua campanha. Segundo o jornal Politico, Sanders arrecadou US$ 20 milhões apenas em janeiro. O número é um recorde para a equipe do senador, que conseguiu levantar US$ 33,6 milhões no último trimestre de 2015. A maior parte do repasse de recursos foi feita por pequenos doadores e via internet.


Em entrevista à rede CNN, o candidato demonstrou confiança de que a convenção democrata em Iowa será surpreendente. ;Começamos essa campanha com 50 ou 60 pontos atrás de Hillary. Percorremos um longo caminho, e a razão disso são os 15 mil voluntários que hoje batem de porta em porta;, relatou. ;As pessoas estão realmente entusiasmadas e, se saírem para votar, acho que vamos ver uma das maiores surpresas políticas da história moderna do nosso país;.


A agenda de campanha de Hillary também foi intensificada. A favorita para a nomeação democrata realizou três comícios no sábado e três ontem. Ao lado do marido, o ex-presidente Bill Clinton, e da filha, Chealsea, ela pediu aos eleitores democratas que escolham a experiência, e não a novidade. Nas redes sociais, a equipe de campanha da ex-secretária de Estado iniciou uma contagem regressiva para a convenção a fim de incentivar a participação de seus apoiadores.

A seguir: New Hampshire
Após as convenções de Iowa, os pré-candidatos à presidência dos EUA concentraram seus esforços de campanha no estado de New Hampshire (nordeste), que realizará primárias no próximo dia 9. Sondagens eleitorais indicam que Bernie Sanders tem chances ainda mais promissoras lá. Uma pesquisa realizada pela Franklin Pierce University mostra que o senador conta com 57% das intenções de voto contra 37% para Hillary Clinton. Do lado republicano, a vantagem é para Donald Trump, que aparece com 38% das intenções de voto, contra 13% para Ted Cruz. Diferentemente das convenções, em que os eleitores manifestam seu voto ao mesmo tempo em um modelo de reunião semelhante ao de uma assembleia, as primárias seguem o formato de uma eleição geral.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação