Moda 2

Moda 2

postado em 06/03/2016 00:00


Diane von Furstenberg buscou a inspiração no movimento da dança e apostou em botas de cano alto, vestidos camisola, brilhos, além dos clássicos vestidos envelope e das blusas com laços extremamente femininos. A apresentação fugiu da convencional passarela e foi a grande novidade da temporada americana. As modelos ficaram espalhadas por três ambientes simulando naturalmente atividades cotidianas de uma mulher, enquanto os convidados e fotógrafos circulavam. Em outro espaço, modelos como Gigi Hadid, Kendall Jenner e Karlie Kloss dançavam na companhia da própria Diane.

Já na semana de moda londrina, a coleção desfilada pela Burberry mostrou referências do glam rock, dos anos 1970, e da tendência do momento, o militarismo. O estilo ficou evidente nos casacos com vários bolsos e na cartela de cores que remete aos uniformes. Inclusive, os casacos foram o destaque da apresentação, adornados com botões, peles e até couro de cobra.

Peter Pilotto inovou. A marca, famosa por suas estampas gráficas, apareceu completamente renovada na passarela. A aposta foram os bordados e os detalhes feitos à mão, fugindo da obviedade. A coleção, inspirada no simbolismo nórdico, mostrou diversidade. Blusas com gola rolê e blusas com ombros à mostra dividiram espaço na passarela. Outro contraste da coleção de outono foram as texturas, a seda e o lurex.

A coleção de outono-inverno 2016/17 da Alexander Mcqueen propôs um toque de surrealismo ao estilo tradicional da grife. Borboletas, relógios, as fases da Lua e até um unicórnio prateado apareceram bordados nas peças. Porém, o ar lúdico influenciou a sensualidade, o romantismo e a delicadeza dos vestidos. Recortes, decotes profundos e transparências foram a aposta da diretora criativa Sarah Burton para reafirmar a sensualidade da coleção com tema noturno.

Ativista de um movimento sobre o aquecimento global, Vivienne Westwood abordou a moda sustentável no segundo desfile da marca Red Label. Ela apostou em várias sobreposições, vestidos plissados e clássicos de alfaiataria, que remetem aos anos 1980 e 1990. Produções oversized e assimétricas compuseram a apresentação extremamente colorida e consciente da estilista.

Nos últimos dias, as marcas italianas se apresentaram na semana de moda de Milão. O desfile da marca Dolce & Gabbana era aguardado com ansiedade pelos fashionistas. Nesta temporada, Domenico Dolce & Stefano Gabbana se inspiraram nos contos de fadas e nas princesas da Disney, trazendo uma atmosfera encantada para a passarela. O resultado é uma espécie de alfaiataria atualizada, vestidos com aplicações coloridas, bordados e estampas florais maxi, descontraindo os tweeds preto e branco. O glitter foi a grande novidade da grife para esta temporada.

O inverno de Emilio Pucci têm cores vibrantes e muitas estampas. Aos olhos do diretor criativo Massimo Giornetti, o inverno monocromático e repleto de casacos pretos não é uma realidade. Casacos oversized, vestidos com comprimento midi e até macacões remetem a um estilo mais esportivo e moderno. Peças pesadas e atuais, dignas de um inverno glamouroso, deram o tom ao desfile.

O nome da coleção de outono inverno apresentada pela Giorgio Armani diz tudo: Black Velvet (veludo preto). A escolha não foi feita por acaso. O veludo foi o material que apareceu com maior frequência na passarela. A cartela de cores, apesar de ser majoritariamente escura, tem toques de azul e laranja nas estampas florais. O tecido, que teve seu auge nos anos 1990, é cara das estações mais frias e apareceu em casacos e calças. Terninhos, casacos de tweed e capas mais pesadas também foram apresentados pela marca.

O estilista Karl Lagerfeld colocou na passarela da Fendi a teoria de onda gravitacional de Albert Einstein. As linhas, inspiradas no céu, estampas e bordados florais chamaram atenção. Tecidos de babados imitaram as ondas, que também apareceram nos casacos de pelo e nos acessórios, como bolsas e sapatos. A cartela de cores era composta de roxo, ocre, azul, turquesa, laranja, branco, amarelo e rosa. O resultado foi uma coleção divertida, colorida e cheia de movimento.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação