Diversão à americana

Diversão à americana

postado em 14/07/2017 00:00
 (foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)


O delta bar foi inaugurado em novembro do ano passado pelo trio Guilherme Cecílio, Pedro Yhago Sá e Willian Farias. A proposta da casa é, no mínimo, divertida: um bar que lembra as casas americanas, brincando com as tradicionais fraternidades, tão comuns nas universidades do país.

;Achamos que a perspectiva da fraternidade incluía todos os preceitos que achamos essenciais para um bar, como pertencimento a uma comunidade, parceria entre os membros, diversão e liberdade para que nosso espaço seja uma pequena parte de casa de nossos membros;, afirma Guilherme.

Entre as comidinhas que valem ser degustadas no espaço está a mais que famosa Buffalo Wings (R$ 28). ;São coxinhas e asinhas de frango empanadas e temperadas à base de páprica, servidas ao molho Inferno, que agrega uma leve picância ao prato, e acompanhadas ainda de molho Blue Cheese, à base de e gorgonzola;, descreve o sócio.

Já para beber, a sugestão é se arriscar no refrescante Kappa Nu Drink (R$ 15), mistura de vodca, suco de limão, hortelã, pepino e club soda. Vale também conferir os dias que são servidos os Jello shots (R$ 4), clássica mistura de gelatina e vodca.

A noite é delas
Para o dia 27 de julho, a casa realizará mais uma edição da Kappa Nu, uma noite dedicada especialmente ao público feminino. A festa é mensal e buscou inspiração no filme Vizinhos 2, em que um grupo de alunas cria a própria fraternidade, que dá nome a essa festa.

Cultura, por que não?
no sebinho Café, a cultura é parte do cardápio. A casa surgiu a partir do Sebinho, que está na capital há mais de 30 anos e é um ponto de referência para quem procura livros, CDs, DVDs, HQs e vinis usados. O cliente encontra uma variedade respeitável no cardápio, que agrada e atende os comensais desde um simples lanche ou café, até uma bela feijoada (R$ 54,90, para duas pessoas).

;A ideia da casa é que o cliente possa vir para cá em qualquer horário e ter um cardápio disponível, com bastante variedade;, explica Tiago Cardoso, gerente gastronômico do local. Entre os preparos que a casa oferece estão: torta suflair (R$ 8,50, a fatia), torta alemã (R$ 8,50, a fatia), a picanha suína grelhada na manteiga de ervas com risoto de limão siciliano (R$ 36,90).

;O cardápio é bem variado, temos opções de almoço, lanche, sobremesa e, aos sábados, algumas opções de café da manhã;, pontua Tiago. Já a programação cultural da casa apresenta uma variedade farta de eventos, incluindo encontros voltados para o público geek, rodas de encontros literário e lançamento de livros.

Na pressão
com cardápio assinado pelo chef e apresentador Henrique Fogaça, do MasterChef Brasil, o Cão Véio tem movimentado a gastronomia brasiliense. A ideia do bar é agregar à boa mesa uma imponente carta de cervejas especiais, além de drinques e chope fresco.

;O cardápio é o mesmo de São Paulo com a inclusão de alguns pratos regionais. Há alguns anos, os bares tinham apenas salame, queijos, e a ideia é unificar as duas coisas;, explica o chef.

A maioria das criações tem nome que remete ao mundo canino. Um deles é o Bom para cachorro (R$ 29), porção de bolinho de arroz com pimenta dedo-de-moça e parmesão. Cremoso, o petisco que pode fazer as vezes de entrada vem na companhia de molho de tomate picante, tão ardente como a Espírito de porco (R$ 43), costela suína marinada na cachaça e no mel. Assado lentamente, o corte suíno é finalizado com flor de sal e conta com molho de pimenta defumada com maracujá.

Ambos podem ser harmonizados com o Dog de Bordeaux (R$ 29), drinque feito à base de gin, gengibre, suco de limão siciliano e licor de casca de laranja. A bebida é servida na elegante taça martini. Com apresentação mais ;rústica;, o chope Cão Véio American Pale Ale tem 5,2% de graduação alcoólica e é feito em Brasília pela cervejaria local Máfia Beer.

ONDE COMER
Arca do Sabor
(915 Sul, Bl. D, lj 106; 4141-4759), Aberto das 8h às 20h, mediante agendamento, pelo telefone ou e-mail: contato@arcadosabor.com.br.

Casa de Madeira
(Avenida do Sol Condomínio Quintas do Sol, Q 2, Lt. 50, Jardim Botânico; 3547-6001), diariamente, das 18h à 0h.

Cão Véio
(404 Sul, Bl. C, lj. 35), aberto de segunda a quinta, das 18h à 0h; e sexta e sábado, das 18h à 0h30.

Café e um Chêro
(109 Norte, Bl. C, ll. 37; 98351-6420), aberto de segunda a sábado, das 7h às 22h.

La Chaumi;re
(408 Sul, Bl. A, lj 13; 3244-3875), aberto de terça a sexta, das 12h às 15h, e das 19h à 0h; sábado, das 19h à 0h; e domingo, das 12h às 15h.

Contê
(403 Sul, Bl. D, lj. 10; 3554-9474), aberto de terça e quarta, das 12h às 15h e das 18h à 0h; quinta, das 12h às 15h e das 18h à 1h; sexta e sábado, das 12h à 1h; e domingo das 12h às 17h.

Delta Bar
(706/707 Norte, Bl. E, lj 6; 3532-5477), aberto terça e quarta, das 17h à 0h; quinta, das 17h à 1h; sexta e sábado, das 17h às 2h; e domingo, das 17h à 0h.

Sebinho Café
(406 Norte, Bl. C; 3447-4444), aberto de segunda a sexta, das 12h às 23h, sábado, das 8h30 às 23h.

Steak Shack
(confira o itinerário em www.facebook.com/steakshackbr ou 99138-7245), aberto de terça a quinta, e domingo, das 17h30 às 22h30; e sexta e sábado, das 17h30 às 23h.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação