Trump: "Hora de acabar"

Trump: "Hora de acabar"

postado em 09/12/2018 00:00
Também em reação às novas evidências de interferência russa nas eleições de 2016, o presidente Donald Trump renovou o pedido para que a investigação federal sobre o caso seja encerrada. Segundo ele, trata-se de ;caça às bruxas;, que, ;depois de dois anos e milhões de páginas de documentos; não comprovou a existência de conluio. ;Hora de a Caça às Bruxas acabar!”, escreveu o republicano, em uma mensagem no Twitter.

O tuíte também citou o apresentador de televisão Geraldo Rivera, um amigo de Trump, descartando qualquer alegação de conluio entre a campanha de Trump e a Rússia como ;ilusório;. Democratas e outros críticos de Trump temem que o recém-nomeado procurador-geral interino Matthew Whitaker, leal a Trump, possa demitir o promotor especial Robert Mueller ou atrapalhar a investigação, cortando, por exemplo, seu financiamento. Republicamos garantem que não há risco de interferência.

Ataque falso

Um novo mal-estar entre Washington e Moscou envolve uma ação contra rebeldes na Síria. Os EUA acusam a Rússia de divulgar um falso ataque químico em Aleppo com o objetivo de enfraquecer a trégua em Idleb, o último grande bastião da oposição ao presidente sírio, Bashar al-Assad. Segundo os americanos, no último dia 24, o regime sírio utilizou gás lacrimogêneo contra civis para simular um ataque dos rebeldes com cloro. A Rússia respondeu com bombardeios aéreos, debilitando a trégua vigente desde meados de setembro.

Washington, porém, afirma ter ;informação confiável; de que a história é falsa e de que autoridades pró-regime alteraram o local do ataque ;antes de uma investigação adequada da Organização para a Proibição de Armas Químicas;. A embaixada russa em Washington informou que o Ministério da Defesa não descarta que as acusações ;tenham por objetivo distrair a opinião pública diante dos crimes da aviação americana no país do Oriente Médio.;

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação