São Paulo tropeça em casa

São Paulo tropeça em casa

Tricolor evita derrota para o CSA nos últimos minutos, mas se distancia do pelotão de elite na maratona pelo título nacional

postado em 16/09/2019 00:00
 (foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net
)
(foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net )

O São Paulo finalizou muito, porém não conseguiu sair com a vitória ontem. No Morumbi, o tricolor empatou por 1 x 1 com o CSA, em partida válida pela 19; rodada do Campeonato Brasileiro. Héctor Bustamante abriu o placar para a equipe alagoana e Reinaldo empatou no fim para os mandantes.

O São Paulo finalizou 32 vezes, sendo apenas seis em direção ao gol. Apesar do grande número de chutes, o time comandado por Cuca não demonstrou organização e teve dificuldade para criar com troca de passes.

Com o resultado, o São Paulo foi a 32 pontos, ultrapassando o Corinthians e chegando na quinta posição, porém perdendo a chance de terminar o primeiro turno no G-4. Na próxima rodada, a equipe visita o Botafogo, no sábado que vem, às 11h. O CSA chegou aos 16 pontos, na 18; posição. O próximo compromisso do time será contra o Ceará, em casa, no domingo, às 16h.

O São Paulo iniciou a partida pressionando no campo de ataque, com Pablo bastante participativo nos pivôs e Daniel Alves centralizando, apesar de atuar na lateral-direita. O primeiro lance de perigo veio com Liziero, que avançou pelo meio e arriscou de longe, pouco acima do travessão. Com a marcação adiantada, o Tricolor voltou a ter uma chance com Pablo, que recebeu bola espirrada, dominou bem, porém finalizou muito alto, desperdiçando boa oportunidade.

O ritmo da partida caiu bastante após a metade da primeira etapa. O São Paulo rodava a bola devagar e tinha dificuldade para criar chances de gol. Reinaldo recebeu pela esquerda e tentou surpreender Jordi com chute no canto do goleiro, que mostrou reflexo e mandou para escanteio. O lateral-esquerdo, que atuou em posição bem avançada, voltou a levar perigo mais duas vezes, finalizando ambas por cima do travessão.

No último lance da primeira etapa, Daniel Alves recuperou a bola no campo defensivo, avançou e descolou bom passe para Antony. O atacante fintou e bateu de direita, exigindo defesa de Jordi. Nos 45 minutos iniciais, foram 16 finalizações do São Paulo, porém apenas quatro com direção ao gol.

O tricolor voltou em uma rotação abaixo no segundo tempo. Primeiro, Euller levou perigo ao tentar gol olímpico. Na sequência, o meia passou por Tchê Tchê e acertou a trave após arriscar forte chute de esquerda. Pato entrou no intervalo no lugar de Everton e buscou bastante o jogo, saindo da esquerda para o meio.

Aos nove minutos da segunda etapa, o jogo ganhou contornos dramáticos para o São Paulo. O CSA saiu jogando com Luciano Castán, que encontrou Carlinhos avançado pela esquerda. A partir de então, o time alagoano tabelou e invadiu a área até a bola chegar em Naldo, que rolou para Bustamante chutar cruzado e marcar.

O São Paulo partiu para uma pressão, porém sem organização. Primeiro, Pablo desviou de cabeça para fora. Depois, Hernanes arriscou de fora da área à esquerda do gol e Pato cobrou falta com perigo, que raspou a trave defendida por Jordi.

Aos 41 minutos, o São Paulo chegou ao empate. Daniel Alves cruzou em cobrança de falta, Jordi saiu mal, Bruno Alves tocou de cabeça e a bola ficou oferecida para Reinaldo, que mostrou oportunismo para empurrar para as redes e garantir ao menos um ponto ao Tricolor.

;Uma pena. Ficou bem nítido que só uma equipe quis jogar. Finalizamos muito, mas infelizmente a bola não entrou. Temos que seguir porque o nosso objetivo é o título;
Pablo, centroavante do São Paulo


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação