Hígia Mente Saudável

Hígia Mente Saudável

Por Maria Paula
postado em 14/06/2020 00:00
Para provar que mesmo a maior das provações tem sua beleza, vou compartilhar com o amigo leitor algumas das inúmeras iniciativas louváveis com que tive o prazer de colaborar nesta quarentena!

Das lives dos projetos Reciclando Sons e Ajax, ambos recolhendo donativos para a população da região da Estrutural, que vem recebendo ajuda vinda de todos os lados, até a live do instrutor de meditação Thi Arruda, em sua série Caçadores de Magia; passando pela doação de cestas básicas para o GFA (Grupo Francisco de Assis), que encaminhou o alimento para o Numar (Núcleo Marajoara), onde o GFA presta assistência a 120 famílias. O Numar fica no município de Luziânia, no Jardim Ingá.

Enfim, todas as iniciativas são de caráter de urgência absoluta e expresso aqui minha gratidão ao universo por ter me dado a chance de me colocar a serviço desses projetos maravilhosos. Hoje, elegi um projeto especial para contar para o leitor. Trata-se de uma iniciativa liderada pela Dra. Celeste Leite Santos, do Ministério Público de São Paulo, que vem transformando a vida de centenas de milhares de pessoas necessitadas de apoio emocional, jurídico e espiritual na grande metrópole de São Paulo, onde o impacto da pandemia tem sido mais devastador.

Hígia Mente Saudável é o nome do projeto de acolhimento às vítimas, ajudando-as na superação de traumas de diversas naturezas. Trata-se de uma equipe multidisciplinar que atua em várias frentes.

Estudantes de direito trabalhando como voluntários e ajudando no recebimento do auxílio emergencial, bem como a preencher boletins de ocorrência virtual e outras tarefas relacionadas a questões legais.

Psicólogos fazendo plantão on-line para ajudar pessoas a enfrentar síndromes variadas, como a de pânico, decorrente do confinamento em espaços restritos nas áreas urbanas, e também a prestar socorro a pessoas com tendências suicidas.

Líderes espirituais de diferentes crenças prestam condolências às vítimas da covid-19 e ajudam as famílias a lidar com o luto.

Denúncias de abuso sexual, agressões e violências de gênero emocional, físico, patrimonial e psicológico, entre outros. Enfim, um trabalho extremamente relevante, na atual situação, que merece aplausos neste domingo.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação