Isso são horas?

Atlético, Cruzeiro e Atlético-PR serão os únicos brasileiros a entrar em campo às 17h30 pela copa Libertadores. Escolha foi das emissoras que detêm os direitos de transmissão

Renan Damasceno
postado em 20/02/2014 00:00
 (foto: arte sobre foto istockphotos)
(foto: arte sobre foto istockphotos)

Por causa da grade da TV que detém o direito de transmissão da Copa Libertadores, o torcedor mineiro terá de sair de casa mais cedo para assistir a um dos três jogos de seu time na fase de grupos do torneio continental ; mudança que desagradou bastante o público. Na terça-feira, o Cruzeiro vai receber a Universidad de Chile, no insólito horário das 17h30, no Mineirão, mesmo caso do Atlético, que vai enfrentar o Zamora, na rodada decisiva do Grupo 4, no Independência, em 10 de abril, também no fim de tarde.

;Os critérios de definição de horários se relacionam com as necessidades de harmonização dos interesses entre todos os países envolvidos na competição;, explicou, por e-mail, o vice-presidente da Fox Sports no Brasil, Eduardo Zebini, ressaltando que os horários são definidos pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). Questionado se o horário era atrativo, Zebini se reservou a não falar sobre audiência.

A Fox Sports informou ainda que a prioridade na escolha dos horários é da TV aberta, que define previamente quais partidas serão exibidas no horário nobre, às 22h. A partir disso, a emissora a cabo, que tem sede na Argentina, faz a distribuição dos outros jogos, de acordo com as faixas de horário disponíveis, conciliando os outros campeonatos na grade. Segundo a assessoria da empresa, o fim do horário de verão também atrapalhou, já que pelo horário antigo as partidas começariam às 18h30.

O Cruzeiro espera amenizar o efeito negativo do horário com uma promoção para o sócio-torcedor: além de comprar o bilhete com 30% de desconto, o sócio poderá exercer prioridade na compra de um ingresso adicional, com preço integral. O valor também não sofreu alteração em relação ao praticado nas partidas do Campeonato Mineiro: de R$ 50 (inferior amarelo) a R$ 120 (superior roxo). ;É um horário diferente e precisamos esperar o jogo para avaliar o impacto. É claro que o fato de ser uma partida de Libertadores já é um atrativo;, explicou o diretor de marketing celeste, Marcone Barbosa, que também espera agradar outra faixa de público: ;É a chance para o torcedor que precisa acordar cedo no outro dia, que não pode voltar tarde para casa;.

Na data da publicação da primeira versão da tabela, em dezembro, existia até a possibilidade de mudança de horário, informou o supervisor de futebol Benecy Queiroz ao Superesportes na internet. Isso ocorreria se o Atlético-PR não passasse pelo Sporting Cristal, na pré-Libertadores. Caso os paranaenses fossem eliminados, a Raposa pleitearia o horário das 19h45, já que nenhum clube brasileiro jogaria nesse horário. No entanto, o Furacão se classificou ; posteriormente, a TV detentora dos direitos transferiu o jogo para o dia seguinte, às 22h. O rubro-negro é outro brasileiro a entrar em campo às 17h30: em 20 de março, contra o peruano Universitario, na primeira rodada do returno.

OUTROS PAÍSES
Por meio de suas assessorias de imprensa, Cruzeiro e Atlético informaram que não pediram à Conmebol a mudança dos horários. ;É uma imposição da TV, que define os horários e, a princípio, não vamos pedir a alteração;, explicou o diretor de comunicação atleticano, Domênico Bhering.

Os jogos no fim da tarde não são exclusividade brasileira. Em 11 de fevereiro, Deportivo Anzoátegui e Peñarol empataram por 1 a 1, em confronto que começou às 17h15, horário de Puerto La Cruz, na Venezuela. Os outros dois integrantes do grupo do Atlético, Nacional e Santa Fe, jogam às 17h30, em Assunção.

URUGUAIO LIDERA
O Defensor, do Uruguai, conseguiu ontem seus primeiros pontos e a liderança no Grupo 5, o do Cruzeiro, na Copa Libertadores, ao golear o Real Garcilaso por 4 a 1, em Montevidéu. Ramua abriu o placar para os peruanos, e Correa, Gedoz, Zeballos e Olivera viraram para o Defensor. Demais resultados: Bolívar 1 x 1 Leon, O;Higgins 1 x 0 Deportivo Cáli e Independiente del Valle-EQU 2 x 2 Unión Española-CHI. Na terça-feira, o mexicano Santos Laguna conseguiu sua segunda vitória no Grupo 8: 2 a 0 sobre o Peñarol, em Montevidéu. Hoje, pelo Grupo 4, o do Atlético, o Nacional-PAR recebe o Zamora, em Assunção. As duas equipes perderam na estreia. Também hoje: The Strongest x Universitário.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação