Atlético-MG cede empate ao Nacional

Atlético-MG cede empate ao Nacional

postado em 20/03/2014 00:00

Belo Horizonte ; O Atlético-MG iniciou o duelo contra os paraguaios do Nacional da forma que a torcida esperava, ou seja, pressionando o adversário no Independência. No entanto, depois de sair na frente no placar e tomar o empate, o Galo se desestruturou no jogo e ficou apenas no empate em 1 x 1. O time brasileiro segue líder isolado do Grupo 4 da Libertadores com oito pontos, mas ficou devendo um futebol melhor. Dono de três pontos a menos, o Nacional é o segundo colocado.


Ronaldinho Gaúcho marcou o primeiro gol do jogo aos 19 minutos em cobrança de pênalti. A curiosidade é que, minutos antes, R10 tinha desperdiçado uma penalidade, defendida por Iganacio Don. Ainda no primeiro tempo, Riveros empatou em cobrança de falta. O resultado não deve prejudicar a classificação do Galo, mas atrapalha a busca pelo primeiro lugar geral da fase de grupos.


A equipe de Belo Horizonte volta a jogar pela Libertadores em 4 de abril, enfrentando os colombianos do Santa Fé, em Bogotá. Antes, o Galo terá compromisso pelas semifinais do Campeonato Mineiro. No domingo, os atleticanos iniciam o mata-mata do Estadual contra o América-MG, no Independência.


Depois do empate diante do Nacional, o técnico Paulo Autuori procurou defender os jogadores alvinegros, mas foi obrigado a admitir que o time não tem rendido o esperado. O treinador reclamou da ligação direta da defesa para o ataque e valorizou a forte marcação dos adversários ao explicar o resultado.
;Jogo muito pegado, muito forte, mas não faltou luta até o fim. Facilitamos a maneira de o adversário defender porque optamos pela jogada mais reta, direta. Entramos na pilha de achar que a bola boa é a bola longa, e não é assim;, lamentou o treinador do Galo.


Questionado sobre o que é preciso para o Atlético-MG voltar a atuar no mesmo nível da temporada passada, Autuori argumentou foi direto: ;É uma equipe que tem que ter mais a posse de bola, controlar mais o jogo e não querer fazer a bola chegar lá na frente de qualquer maneira. Temos qualidade para fazer melhor. Ainda não entramos no jogo que nós queremos, com mais trabalho de bola, e os adversários já estão entendendo a nossa maneira de jogar;, avaliou.

ATLÉTICO-MG 1 X 1 NACIONAL
Cartões amarelos: Jô e Leonardo Silva; Melgarejo
Gols: Ronaldinho Gaúcho, aos 19; e Riveros, aos 36 minutos do primeiro tempo
Árbitro: Omar Ponce (EQU)
Público/renda: não divulgados


ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Otamendi e Dátolo; Pierre (Guilherme), Josué (Leandro Donizete), Ronaldinho e Tardelli; Fernandinho (Neto Berola) e Jô
Técnico: Paulo Autuori

NACIONAL: Iganacio Don; Coronel, Balbuena, Cáceres e Mendoza; Riveros, Torales, Orué e Melgarejo (Martinez); Benitez (Piris) e Bareiro (Julio Santa Cruz)
Técnico: Gustavo Morínigo

Furacão recebe lanterna
O Atlético Paranaense encara o Universitário às 17h30 de hoje na Vila Capanema, com chance de assumir a vice-liderança do Grupo 1 da Copa Libertadores se derrotar o clube do Peru novamente. Na semana passada, o adversário perdeu em casa para os rubro-negros por 1 x 0. No momento, a chave é liderada pelos argentinos do Vélez Sarsfield, donos de nove pontos. Logo atrás na classificação, os bolivianos do The Strongest e o atleticanos encontram-se empatados em pontos (6) e saldo de gols (zero). Lanterna do quarteto, o Universitário ainda não pontuou e corre risco de eliminação em Curitiba. A Fox Sports anuncia a transmissão da partida ao vivo.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação