Crônica da Cidade

Crônica da Cidade

Tomás Balduíno

por Conceição Freitas >> conceicaofreitas.df@dabr.com.br
postado em 04/05/2014 00:00
Dom Tomás Balduíno era daqueles humanos que te põem cara a cara com a tosca condição humana, não poucas vezes pusilânime diante das injustiças contra os indefesos. Dom Tomas Balduíno era um raríssimo exemplar da espécie e da igreja católica, muito mais raro nesses estranhos tempos de oportunimos, arrivismos, narcisismos, conservadorismos e outros ismos que empobrecem a humanidade. Tive a honra de entrevistar dom Tomás no começo de minha vida profissional, nas paragens longínquas de Goiás. De ouvir suas celebrações, sempre comprometidas com a proteção de seu povo e com a defesa das causas sociais mais prementes. E de testemunhar, mais de uma vez, a coragem com que se arriscava para defender o mais humilde anônimo.

Transcrevo aqui o texto do poeta Pedro Tierra sobre dom Tomás Balduíno, o bispo emérito de Goiás, morto aos 91 anos.

;Calou-se a voz de Tomás Balduíno,
Nessa noite de 2 de maio.
Uma voz que nunca quis ser sozinha,
sabia, desde os anos de chumbo:
uma voz solitária não suspende a
manhã.

Quis ser uma voz entre vozes,
ergueu sua voz dentro do vasto coro
dos oprimidos:
os índios, os posseiros, os lavradores,
os retirantes da seca e da cerca
e os que se levantam contra elas.
As mulheres, os negros, os migrantes,
os peregrinos
para forçar claridades, para ensinar
amanhecer.

Tomás é a palavra
A palavra que banha como bálsamo.
A palavra que fustiga.
Incendeia.
A palavra que perdoa mas aponta ;
sempre ; o caminho da Justiça.
E o que somos na vida?
Somos os ossos das palavras
que povoam o caminho de pedra ou flores
que sangram os pés dos nossos filhos.

Tomás é sertão.
O sertão e suas armadilhas.
O sertão e suas infinitas contradições.
Tomás é sertão
onde se dobram os ventos de Goiás
e Minas, onde nascem águas
nessa infinita geografia
que alimenta nossas esperanças.

Calou-se a voz de Tomás Balduíno.
Permanecerá sua palavra.
Tomás é sertão:
gesto de fé nessa gente que não se dobra.;


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação