Sorria, você está desfalcado

Sorria, você está desfalcado

Atletas de equipes brasileiras convocados para o Mundial não poderão jogar quatro rodadas do Nacional. Regulamento também afeta jogadores presentes nas listas B das seleções. Juntos, os grandes clubes do país terão até 19 baixas

Braitner Moreira
postado em 10/05/2014 00:00
 (foto: Washington Alves/Reuters - 11/7/2013 )
(foto: Washington Alves/Reuters - 11/7/2013 )

O torcedor que comemora a presença dos jogadores do time do coração entre os convocados da Copa do Mundo tem um motivo a menos para celebrar: mesmo que o calendário do Campeonato Brasileiro seja interrompido durante a disputa da competição internacional, os atletas chamados vão desfalcar suas equipes por quatro rodadas. A exigência está no regulamento do Mundial.


O texto, aprovado pelo Comitê Executivo da Fifa, obriga que os 30 jogadores escolhidos para cada seleção façam os últimos jogos pelos seus clubes até 18 de maio. Entre 19 e 25 de maio, os atletas são orientados a descansar. A entidade permite uma única exceção: a decisão da Liga dos Campeões da Europa, programada para 24 de maio. A medida foi criada para evitar a sobrecarga dos protagonistas do Mundial.


Praticamente ignorada pelo técnico Luiz Felipe Scolari, a lista B para a Copa ganhará importância, portanto. Na quarta-feira, o comandante anunciou os 23 jogadores que vão disputar o Mundial e evitou comentar sobre os sete atletas do ;grupo de reserva; ; escolha que se tornará pública na próxima sexta-feira, por meio do site da Fifa.


Se os eleitos em segunda chamada pertencerem a equipes brasileiras, vão desfalcar seus times mesmo sem esperança de compor a família Scolari. Na coletiva em que explicou os convocados, Felipão avisou: ;Se alguém se machucar, não preciso recorrer a essa lista, posso chamar qualquer jogador;. Portanto, estar na lista B nem sequer significa se tornar a primeira opção em caso de problemas físicos com os titulares.

Baixas
A primeira divisão do Campeonato Brasileiro pode ter até 18 desfalques entre a sexta e a nona rodadas ; a Série B também deve perder um jogador, o goleiro uruguaio Martín Silva, do Vasco. Hoje na zona de rebaixamento da Série A, o Atlético-MG tende a ser o time mais prejudicado pelas convocações. O goleiro Victor e o atacante Jô, confirmados por Felipão, são baixas certas. O zagueiro Réver ainda pode entrar na lista B. E o argentino Otamendi, também zagueiro, é dado como certo na convocação de Alejandro Sabella.


A lista B de Felipão pode complicar a situação de até mais quatro equipes, além do Galo. Diego Cavalieri, do Fluminense, é o principal candidato ao gol; Dedé, do Cruzeiro, se isolou como uma das opções mais viáveis entre os zagueiros; e os atacante Leandro Damião, do Santos, e Alexandre Pato, do São Paulo, ;lutariam; por uma vaga no setor ofensivo.

Presença brasileira
Titular da Seleção, o lateral-esquerdo Marcelo defenderá o Real Madrid na final da Liga dos Campeões. O volante Casemiro compõe o elenco merengue. O outro finalista, Atlético de Madri, tem o zagueiro Miranda, o lateral-esquerdo Filipe Luís e o meia Diego ; além do atacante Diego Costa, que se naturalizou espanhol.

Saiba mais

Buraco no calendário

Devido à paralisação para a Copa do Mundo, não haverá jogos do Brasileirão entre 1; de junho e 16 de julho. A pausa de 45 dias, no entanto, não será suficiente para evitar que os atletas convocados desfalquem as equipes nacionais. Quando o calendário desta temporada foi feito, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) já tinha conhecimento da regra da Fifa que impede os jogadores de atuar depois de 18 de maio.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação