Bolsa seleção

Bolsa seleção

Na última convocação do ano, Dunga poupa equipes nacionais na reta final da Série A e da Copa do Brasil. Para isso, chama novos atletas do exterior e abre espaço para nomes inesperados do Leste Europeu

postado em 24/10/2014 00:00
 (foto: Daniel Roland/AFP - 3/11/12)
(foto: Daniel Roland/AFP - 3/11/12)

A comissão técnica da Seleção Brasileira anunciou, na manhã de ontem, no Rio de Janeiro, os atletas convocados para os amistosos contra Turquia (12 de novembro) e Áustria (18 de novembro). Apesar do discurso inicial de José Maria Marin, agradecendo os clubes brasileiros pela ;compreensão;, o técnico Dunga optou por não chamar atletas que atuam por aqui, para não desfalcar as equipes na reta final da temporada. Dessa forma, abriu espaço para novidades do futebol europeu.

A principal novidade da lista é o meia-atacante Roberto Firmino, camisa 10 do Hoffenheim ; a mesma equipe que lançou o volante Luiz Gustavo para o futebol mundial. Desconhecido no Brasil, o atleta de 23 anos foi eleito a revelação do último Campeonato Alemão e, neste ano, recebeu sondagens de Real Madrid, Bayern de Munique e Arsenal. A única proposta oficial, do CSKA Moscou, foi recusada: o time considerou pouco os 12 milhões de euros oferecidos pelos russos.

Com boa técnica no pé direito, Firmino é rápido e tem boa conclusão a gol. Além disso, foi elogiado por Dunga por atuar no Campeonato Alemão. ;Ele está acostumado a jogar num futebol de marcação e força física. Mas a grande qualidade dele é a facilidade para fazer gol, aquilo que temos buscado na Seleção;, analisou o técnico.

Outras escolhas de Dunga chamaram a atenção: o treinador convocou quatro atletas do Leste Europeu. O lateral-direito Mário Fernandes estava na última lista. Os demais são novidade. O volante Rômulo, do Spartak Moscou, sofreu com lesões frequentes na temporada passada e ainda não recuperou a posição de titular absoluto da equipe, sétima colocada na primeira divisão. Mesmo assim, terá a oportunidade de recuperar espaço na Seleção após dois anos de ausência.

Os outros atletas do Leste Europeu tiveram passagem pela seleção olímpica, mas nunca estrearam pelo time principal. Luiz Adriano, centroavante, tornou-se o maior artilheiro da história do ucraniano Shakhtar Donetsk na terça-feira, após marcar cinco gols num só jogo da Liga dos Campeões, contra o BATE Borisov. Companheiro dele no clube, Douglas Costa é titular desde 2010 e chegou a receber proposta de 20 milhões de euros do Manchester United.

A lista de Dunga

Goleiros
Rafael Cabral (Napoli)
Neto (Fiorentina)
Diego Alves (Valencia)

Zagueiros
David Luiz (Paris Saint-Germain)
Marquinhos (Paris Saint-Germain)
Thiago Silva (Paris Saint-Germain)
Miranda (Atlético de Madri)

Laterais
Mário Fernandes (CSKA Moscou)
Alex Sandro (Porto)
Filipe Luís (Chelsea)
Danilo (Porto)
Volantes
Luiz Gustavo (Wolfsburg)
Rômulo (Spartak Moscou)
Fernandinho (Manchester City)
Casemiro (Porto)

Meias
Oscar (Chelsea)
Roberto Firmino (Hoffenheim)
Willian (Chelsea)
Philippe Coutinho (Liverpool)
Lucas (Paris Saint-Germain)

Atacantes
Neymar (Barcelona)
Luiz Adriano (Shakhtar Donetsk)
Douglas Costa (Shakhtar Donetsk)


Roberto Firmino
Posição: meia-atacante
Clube: Hoffenheim (ALE)
Idade: 23 anos
Valor de mercado: R$ 79,5 milhões

Último time no Brasil
Figueirense (2010)
Nesta temporada
8 jogos
1 gol e 3 assistências

Na temporada passada
37 jogos
22 gols e 16 assistências


Luiz Adriano
Posição: centroavante
Clube: Shakhtar Donetsk (UCR)
Idade: 27 anos
Valor de mercado: R$ 22,3 milhões

Último time no Brasil
Internacional (2007)
Nesta temporada
14 jogos
10 gols e 5 assistências

Na temporada passada
39 jogos
25 gols e 4 assistências


Rômulo
Posição: volante
Clube: Spartak Moscou (RUS)
Idade: 24 anos
Valor de mercado: R$ 15,9 milhões

Último time no Brasil
Vasco (2012)
Nesta temporada
5 jogos

Na temporada passada
10 jogos
1 assistência

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação