Advogado culpa o PT

Advogado culpa o PT

postado em 24/01/2015 00:00
O advogado Antônio Figueiredo Basto, responsável pela defesa do doleiro Alberto Youssef, um dos principais operadores do esquema de corrupção montado na Petrobras, afirmou ao Correio que os desvios na estatal tinham como objetivo ;manter esse grupo (o PT) no poder;. Ele declarou que, sem os políticos, o escândalo não existiria. ;Esse esquema só funcionou porque ele estava destinado à manutenção do poder aos poderosos. Essa é a realidade, doa a quem doer;, ressaltou.

O defensor informou que o seu cliente era apenas uma peça na engrenagem. ;Existem outros no esquema. Esse esquema só funcionou porque havia agentes políticos ocupando funções importantes no Brasil e com o auxílio de funcionários públicos;, declarou.

O advogado comemorou o acordo de delação homologado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo Basto, pelas ações penais a que responde, o doleiro poderia ter uma pena de até 200 anos de cadeia. ;Isso daria 30 anos no regime fechado. Vai cumprir três anos (no máximo cinco). O acordo foi muito bom. Além disso, a cada R$ 50 milhões recuperados com o auxílio das informações repassadas pelo Beto, R$ 1 milhão dele é desbloqueado.; Basto disse que ainda vai tentar ir além. ;Mas eu quero evoluir. Youssef ainda tem muito a colaborar. Há vários políticos envolvidos e novas confirmações. Tudo será provado. Vou tentar o perdão judicial, o limite da lei;, salientou. (JV)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação