Eu sou você amanhã?

Eu sou você amanhã?

Luxemburgo diz que conselho gestor do Fla não sabe nada de futebol, é ironizado por diretor, se oferece ao São Paulo, mas vê tricolor anunciar colombiano. Sob pressão no Palmeiras, Oswaldo de Oliveira admite culpa pela má fase, teme perder emprego para Luxa e não descarta retorno à Gávea. Rubro-negro e alviverde estreiam hoje na terceira fase do mata-mata nacional

postado em 27/05/2015 00:00


A quarta-feira que prometia ser decisiva para a permanência de Vanderlei Luxemburgo no Flamengo, na verdade, pode abrir uma nova porta de emprego para o treinador demitido na terça pelo clube carioca. Depois de soltar o verbo contra a diretoria rubro-negra na tentativa de explicar a queda, de se oferecer publicamente ao São Paulo na polêmica entrevista coletiva concedida ontem, e de ficar frustrado com o anúncio de Juan Carlos Osorio pela cúpula tricolor, a alternativa para se manter em um clube de ponta pode ser o Palmeiras. Sondado pelo Fla para substituir Luxemburgo, Oswaldo de Oliveira disse não, mas assumiu a culpa pela má fase alviverde. Logo, precisa vencer o ASA-AL, hoje, para baixar o fogo da fritura. Enquanto isso, Jayme de Almeida, campeão do torneio em 2013 à frente do Fla, cumprirá o velho papel de tapa-buraco diante do Náutico, no Maracanã. Cristóvão Borges é o favorito ao cargo.

Demitido na noite de terça, Luxemburgo concedeu entrevista coletiva ontem no Rio. Magoado, soltou a língua contra a diretoria chamada por ele, durante 40 minutos, de conselho gestor ; referência ao presidente Eduardo Bandeira de Mello e seus pares, Fred Luz, Rodrigo Tostes e Alexandre Wrobel. ;A diretoria tem pessoas sérias, mas na relação de propostas ela é complicada. Eu e o Rodrigo Caetano (diretor executivo), contratados, não somos ouvidos. O conselho gestor resolve as coisas e não sabe nada de futebol. Veta tudo. Que experiência (os dirigentes) têm em futebol? Eles ganham prêmio, saem no NY Times, mas têm que ganhar prêmio no futebol;, ironizou.

Luxemburgo soube da demissão por telefone. Recusou-se a participar de uma reunião. ;Cheguei de viagem com febre, cansado, ia reunir 22h para ser demitido? Fui demitido pela personalidade. Querem pessoas que digam amém para eles. Não podemos discordar deles. Fui demitido por causa disso. O único contrário teria sido o presidente.;

Alexandre Wrobel contra-atacou após o treino da tarde no Ninho do Urubu. ;Quero deixar o agradecimento ao Vanderlei pelo trabalho realizado. Grande rubro-negro. Situações que não vou expor nos levaram a tomar essa decisão. Respeito (a opinião de Luxemburgo). Ele externou a opinião dele. A gente o contratou, então, um pouquinho, a gente deve entender, né. Mais respeito;, cobrou, sentado ao lado de Rodrigo Caetano. O presidente Eduardo Bandeira de Mello estava na sala, mas em nenhum momento se pronunciou.

Porta-voz do mandatário do Flamengo, Alexandre Wrobel descartou a efetivação de Jayme de Almeida. ;Ele dirige o time interinamente. O perfil do novo treinador é uma questão interna.; Cristóvão Borges é o favorito. As referências aos trabalho dele são de Rodrigo Caetano. Ambos foram vice-campeões da Série A em 2011 pelo Vasco e também trabalharam juntos no Fluminense.

Oswaldo diz não

O Flamengo consultou Oswaldo de Oliveira para o lugar de Vanderlei Luxemburgo ao saber que o Palmeiras teria sondado Cristóvão Borges. ;Se houver um fundo de verdade nisso, fico muito feliz. Um dia eu quero voltar ao Flamengo;, mas não faria com o Palmeiras o que não faria com o Flamengo;, desconversou Oswaldo.

O treinador alviverde admitiu o risco de ser demitido do Palmeiras. ;O presidente (Paulo Nobre) gastou R$ 45 milhões para montar um elenco. Alexandre Mattos trabalhou como nunca vi para, em tempo recorde, contratar tantos jogadores. Agora, a responsabilidade é minha de montar um time e levar em frente os nossos objetivos.;

Por fim, reconheceu que Luxemburgo passa a ser sua sombra. ;É natural que haja manifestação e que se fale o nome dele aqui (no Palmeiras). O Vanderlei é um treinador vitorioso no Palmeiras. Não vejo problema. Isso depende mais de quem decide.;

Na coletiva de ontem, Luxemburgo voltou a se oferecer à diretoria do São Paulo, mas o tricolor fechou com Juan Carlos Osorio.

FICHA TÉCNICA

22h
Maracanã
Rio de Janeiro (RJ)
Copa do Brasil
3; fase (jogo de ida)
Transmissão: Band e Globo
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)

Flamengo
Paulo Victor, Pará, Wallace, Bressan e Anderson Pico; Víctor Cáceres, Márcio Araújo, Héctor Canteros e Everton; Paulinho e Alecsandro
Técnico: Jayme de Almeida (interino)

Náutico
Júlio César; Guilherme, Flávio, Fabiano Eller e Gastón (Piauí); João Ananias, Marino, Pedro Carmona e William Magrão; Rogerinho e Douglas
Técnico: Lisca


FICHA TÉCNICA

22h
Allianz Parque
São Paulo (SP)
Copa do Brasil
3; fase (jogo de ida)
Transmissão: FOX Sports 2, ESPN Brasil e SporTV 3
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)

Palmeiras
Fernando Prass; Lucas, Jackson, Vitor Hugo e Egídio; Gabriel, Arouca, Alan Patrick e Kelvin; Valdivia e Cristaldo
Técnico: Oswaldo de Oliveira.

ASA
Pedro Henrique; Gabriel, André Nunes, Lucas Bahia e Fábio Alves; Jorginho, Max Carrasco, Marcos Antônio e Uéderson; Valdanes e Alex Henrique
Técnico: Viça.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação