Grita geral

Grita geral

grita.df@dabr.com.br (cartas: SIG, Quadra 2, Lote 340 / CEP 70.610-901)

postado em 01/08/2015 00:00

PREFEITURA DE VALPARAÍSO (GO)
Buracos nas ruas

O leitor Élson Carvalho, 45 anos, mora no bairro Parque Esplanada II em Valparaíso de Goiás e entrou em contato com o Correio por meio do WhatsApp (9256-3846) para reclamar de buracos no bairro que reside. ;Quando a Saneago vem fazer reparos em canos estourados, constantemente deixa esses buracos nas vias, principalmente na rua 20;, conta o agente de segurança. Élson afirma que já reclamou na ouvidoria da prefeitura de Valparaíso de Goiás, mas nenhuma providência foi tomada e os buracos já estão lá há dois meses.

; A prefeitura de Valparaíso de Goiás informou, por meio de assessoria de comunicação, que as obras executadas pela Concessionária Saneago ; vinculada ao Estado de Goiás ; são de total responsabilidade da empresa. A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Infraestrutura Urbana, notifica a Saneago em todos os casos em que se verifica algum problema e aguarda a mesma tomar alguma medida, inclusive neste caso notificado pelo morador.




SLU
Acúmulo de lixo

A leitora Luna Miranda, 22 anos, entrou em contato com o Grita Geral por meio do WhatsApp (9256-3846) a fim de chamar atenção para o acúmulo de lixo na 710 Norte, próximo ao Bloco A. Segundo a estudante, não existem recipientes próprios ou contêineres nas proximidades, então, o lugar é constantemente utilizado como lixeira. ;Qualquer tipo de lixo vai parar lá. Já jogaram até uma privada no lugar. Parece que os moradores das quitinetes e os proprietários do comércio usam a grama como lixo;, conta Luana. A estudante passa por lá com frequência e presencia sempre a mesma cena.

; O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) informou, por meio de assessoria de comunicação, que na SCRLN 710 a coleta convencional é realizada de segunda-feira a sábado pela manhã e, na SHCGN 710, é feita de segunda-feira a sábado, à tarde. A coleta seletiva na comercial da 710 Norte ocorre às terças e quintas-feiras e aos sábados, das 7h30 às 11h, e na SHCGN 710 ocorre às terças e quintas-feiras e aos sábados, das 11h às 14h30. O órgão afirmou ainda que uma equipe técnica vai ao local para verificar a situação. Em complemento, a Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) declarou que enviará auditores ao local para identificar o infrator e autuar conforme os procedimentos da Lei.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação