Licenciamento começa a ser cobrado

Licenciamento começa a ser cobrado

Nathália Cardim
postado em 02/10/2015 00:00
 (foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) e a Polícia Militar começaram a cobrar, em todas as blitzes realizadas na capital, o documento obrigatório do veículo deste ano. Desde ontem, o condutor flagrado com o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) atrasado será multado em R$ 191,54 (infração gravíssima), ganhará sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e terá o carro levado para o depósito do órgão. Ontem, dia em que o documento começou a ser cobrado nas blitzes, o Detran havia licenciado 985 mil veículos. Outros 260 mil estavam irregulares. De acordo com o diretor de Policiamento e Fiscalização de Trânsito do órgão, Silvain Fonseca, o número está dentro do previsto. ;Acreditamos que 2015 será o ano de maior frota licenciada em todo o DF. O número é bastante positivo;, garante. Segundo Fonseca, não haverá ações direcionadas, de acordo com o diretor, por conta da crise econômica, que prejudicou os pagamentos do CRLV neste ano. ;Por isso, disponibilizamos todos os postos para agilizar e facilitar a regularização das pendências. É importante alertar que, se o cidadão não regularizou a situação, não deve circular com o veículo;, alertou o diretor.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação