Quase no mundo da lua

Quase no mundo da lua

postado em 14/12/2016 00:00


Alguns quilômetros mais ao sul está a cratera Ramón, que é uma formação geológica única na península do Sinai, provavelmente no planeta. Esse é o maior ;buraco; sem água do mundo e um grande reservatório onde podem ser encontrados 80 tipos de minerais e diferentes tipos de formações geológicas. Precisamente na entrada está a localidade de Mitzpe Ramón que tem todo tipo de alojamentos: desde hotéis cinco estrelas a albergues juvenis.

No centro de interpretação, é possível conhecer a história dessa formação geológica e também a vida do primeiro astronauta israelense, que não por coincidência, se chamava Ramón.

A cratera pode ser percorrida de bicicleta ou caminhando (à noite é proibido) de forma individual por várias rotas existentes. Também é possível dormir no local, numa das quatro zonas permitidas (e gratuitas) ou num acampamento com chuveiros, que custa 25 shekels por pessoa (cinco euros), mas é necessário levar a barraca. Quem preferir, pode fazer uma imersão rápida de meio dia contratando um passeio de Jeep. O endereço negevtrails.com oferece mapas e informação de todas as rotas para o ;trekking; e o ciclismo na região.

Além das vistas espetaculares, a cratera dá a possibilidade de conhecer a fauna da região, como cabras selvagens, raposas ou lobos, e de realizar viagens em jeeps para conhecer essa zona do deserto que faz os terráqueos imaginarem um cenário no planeta Marte. A empresa NegevLand (negevland.co.il) oferece serviço de visitas guiadas em jeep, bicicleta ou rapelling no miradouro da Cratera Ramón. O guia Alen Garfy é uma boa fonte para obter explicações sobre a história de Israel e do Negev. No centro de visitantes da cratera e no endereço oficial da região negevtour.co.il ; há ofertas de outras empresas e serviços na região. (IG)



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação