Sob pressão do time de Luxa, Bota se classifica

Sob pressão do time de Luxa, Bota se classifica

postado em 01/06/2017 00:00
 (foto: Ademar Filho/Futura Press
)
(foto: Ademar Filho/Futura Press )



Na estreia do técnico Vanderlei Luxemburgo no Sport, a festa foi do adversário. O Botafogo conseguiu aguentar a pressão na Ilha do Retiro e, com o empate por 1 x 1, passou para as quartas de final da Copa do Brasil. Na ida, no estádio do Engenhão, no Rio, o clube alvinegro havia vencido de virada por 2 x 1.

As fortes chuvas que caíram no Recife durante o dia quase adiaram a partida marcada para 21h45. O gramado ficou completamente encharcado e os túneis dos vestiários para o campo ficaram alagados. Como parou de chover no meio da tarde, houve tempo para a drenagem funcionar e a água baixar completamente nas dependências do estádio da Ilha do Retiro.

O problema é que o mau tempo afugentou a torcida ; pouco mais de 10 mil pessoas foram ao estádio para aplaudir o novo técnico do Sport, que só teve um dia para preparar o time para a partida. O resultado disso foi a desorganização da equipe pernambucana, que permitiu ao Botafogo explorar os espaços dados pelos pernambucanos.

Logo no primeiro contra-ataque, aos 11 minutos, saiu o gol da equipe carioca, com Roger. Na volta para o segundo tempo, mesmo com um jogador a menos ; Rogério foi expulso ;, o time de Recife chegou ao empate, com Durval, aos 22. Com mais um gol, a vaga seria decidida nos pênaltis. Só que, mesmo com muita luta, a classificação ficou para o Botafogo.






Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação