Salários de até R$ 10,5 mil em concurso do TRF

Salários de até R$ 10,5 mil em concurso do TRF

Oportunidades são para técnico e analista judiciário, com salários de R$ 6,4 mil a R$ 10,5 mil. No DF, há dois postos disponíveis

MARIANA FERNANDES CAMILA BAIRROS *
postado em 07/09/2017 00:00
O Tribunal Regional Federal da 1; Região (TRF-1) divulgou edital do concurso público para preenchimento imediato de 20 cargos de níveis médio e superior em diversas localidades. As vagas são para técnicos judiciários e analistas judiciários, com salários que variam de R$ 6.376,41 a R$ 10.461,90 para 40 horas semanais de trabalho.

O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) foi escolhido para organizar o certame.

O concurso também vai selecionar 6.798 candidatos para formação de cadastro de reserva. Eles poderão ser convocados ao longo do prazo de validade do certame, que será de dois anos, renováveis por igual período. O TRF-1, com sede no Distrito Federal, tem jurisdição também em Goiás, Mato Grosso, Tocantins, Minas Gerais, Acre, Amapá, Amazonas, Rondônia, Roraima, Pará, Bahia, Maranhão e Piauí. O edital lista oportunidades para diversas cidades desses estados.

Distrito Federal
No caso do DF, apenas o cargo de analista judiciário, da área judiciária, tem 2 vagas imediatas. A maior parte dos postos são para cadastro de reserva, num total de 405 oportunidades: analista judiciário na área administrativa ( 20); analista judiciário na área judiciária (100); analista judiciário na área de apoio especializado em informática (15); analista judiciário na área de apoio especializado em taquigrafia (15); analista judiciário na área judiciária, com especialidade em oficial de justiça avaliador federal (30); técnico judiciário, área administrativa (200); técnico judiciário, especialidade em taquigrafia (15) e técnico judiciário, especialidade segurança e transporte (10).

Os interessados podem se inscrever de 13 de setembro a 3 de outubro por meio do site www.cespe.unb.br. A taxa é de R$ 86 para candidatos a postos de nível superior e de R$ 75 para aqueles que pretendem disputar vagas de nível médio. As provas objetiva, discursiva, prática e de aptidão física serão aplicadas na data provável de 26 de novembro.

Formado em história, Matheus Vinícius está se dedicando aos concursos do Tribunal Superior do Trabalho e da Câmara Legislativa do DF, mas afirma que vai se inscrever para mais esta seleção. ;Estou receoso devido ao número de vagas, já que são apenas duas para o Distrito Federal;, disse.

O professor de direito administrativo e administração pública do Gran Cursos Online, Bruno Eduardo Martins, diz que os candidatos devem estar preparados para a prova do Cebraspe. ;Não adianta sorte, é preciso conhecer o conceito técnico dos conteúdos, pois a organizadora seleciona quem estuda, não os aventureiros;, afirma.

;O Cebraspe tem fator de correção, então a dica que eu dou é: não chutem as questões sobre as quais vocês não têm certeza. É normal não saber entre 10% e 20% das questões, então, deixe-as em branco. Para se acostumar com esse tipo de prova, refazer as avaliações da banca também é válido, principalmente de concursos para a área judiciária;, afirmou o professor.

*Estagiária sob supervisão de Odail Figueiredo

Chances
Apesar das poucas vagas imediatas para o DF, o professor de informática do Alub, Fabrício Melo, afirma que as chances são melhores do que parecem, já que o órgão costuma chamar muitos aprovados em cadastro reserva. ;São apenas 20 vagas efetivas para todo o país e duas para Brasília. Isso acaba desestimulando quem não tem muito conhecimento sobre o certame. Mas quem acompanha o concurso já sabe que o órgão costuma chamar o pessoal que foi aprovado para cadastro reserva;.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação