Refúgio do sossego

Refúgio do sossego

Cercado por belas montanhas e muito verde, distrito mineiro de Itabira tem nas quedas d'água um de seus principais atrativos, como a Cachoeira Alta

» Frederico Teixeira Especial para o Correio
postado em 08/11/2017 00:00
 (foto: Ass. Cidades Hist. Mineiras/Roneijober Andrade/Divulgação)
(foto: Ass. Cidades Hist. Mineiras/Roneijober Andrade/Divulgação)


Para quem procura por um refúgio nessa correria nossa de cada dia, Ipoema, distrito de Itabira (MG), com pouco mais de 2.800 habitantes e a cerca de 820 quilômetros de Brasília pela estrada (pouco mais de oito horas de viagem), pode ser uma ótima escolha para um fim de semana de relaxamento. A região, localizada na Serra do Espinhaço, tem uma paisagem natural que, de cara, encanta os visitantes: cercada por belas montanhas e muito verde, tem nas cachoeiras um de seus principais atrativos.

A melhor época do ano para visitação vai de março a novembro, uma vez que, no período chuvoso, o volume de água aumenta consideravelmente, elevando a dificuldade de acesso e impondo até certo risco aos turistas. Algumas cachoeiras, inclusive, nem são liberadas para visitação... A mais famosa delas é a Cachoeira Alta, também conhecida como Cachoeira do Macuco. Com seus 110 metros de queda d;água, atrai tanto turistas interessados apenas em contemplar a natureza e desfrutar de um bom mergulho quanto praticantes de esportes radicais (rapel e tirolesa).

Localizada na Fazenda Cachoeira Alta, a apenas 12 quilômetros do distrito, ela fica dentro de uma propriedade particular e, por isso, é cobrada uma pequena taxa para visitação. Mas vale a pena cada centavo... O local tem boa estrutura, com restaurante, lanchonete e área de camping (também pagos à parte).

Na mesma área estão as cachoeiras do Meio e do Patrocínio Amaro. Com queda d;água de 40 metros, a do Meio exige certa dose de sacrifício, por estar em um local de difícil acesso, na parte de cima da Cachoeira Alta. Vale para quem gostar de trilhas e/ou tiver mais espírito aventureiro. Já a do Patrocínio Amaro é para os adeptos da ;lei do menor esforço;: apropriada para banhos, a cachoeira é formada por duas quedas que totalizam 50 metros.

Suas águas descem por um paredão rochoso, que forma uma pequena gruta cercada de mata nativa e uma ;praia; com direito a areia e tudo mais.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação