360 Graus

360 Graus

por Jane Godoy janegodoy.df@dabr.com.br
postado em 06/08/2019 00:00
 (foto: Sarau Complexo/Divulgação)
(foto: Sarau Complexo/Divulgação)
A 46; Quermesse do Templo Shin Budista, na 315/316, terá como tema deste ano: Os Caminhos da Bem-Aventurança: Espíritos em liberdade. O templo levará a comunidade a uma viagem gastronômica, através da culinária oriental. Toda a celebração será aos sábados e domingos de agosto, até 1; de setembro. Das 17h às 22h.











Um sarau que estimula a cultura

O Sarau Complexo é uma manifestação cultural itinerante que percorre a cidade de Samambaia levando diferentes formas de cultura e entretenimento para a comunidade. Agora se encontra na 118; edição e se tornou palco de reflexão em Samambaia.

Nasceu da luta pela construção do Complexo Cultural, sonho de todas as pessoas voltadas para a música, a arte e a dança. Idealizado pelo Conselho de Cultura Samambaia e coordenado pelos agentes Jadiel Teles e Demontiez Marquez, o complexo tem uma equipe de produção de artistas da cidade, com o apoio e patrocínio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC), e conta com o fomento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF, dirigida pelo secretário Adão Cândido.

As linguagens utilizadas, sejam elas em forma de músicas, danças, poemas ou atuação, retrataram, nessa última edição, um momento ímpar na vida de quem assistiu atentamente e de quem cuidadosamente preparou e imprimiu suas mais diversas formas artísticas para a plateia de Samambaia.

Houve apresentações dos rappers brasilienses, como o Aborígine, que lançou seu o novo CD Atemporal ; o álbum do fim, com letras de composições autorais que fizeram o maior sucesso. Amaro levou sua arte com um tom crítico de forma a desconstruir preconceitos na comunidade hip-hop.

Alex Moura e Nexx, artistas de uma nova geração do hip-hop nacional, roubaram a cena com canções com forte influência do R americano e lançaram o videoclipe da canção inédita Brisou, fruto da parceria entre os rappers. Para a dupla, ;foi uma experiência marcante participar desta edição do Sarau Complexo, pois nasceram, cresceram e moram na cidade até hoje;, disse.

;O Sarau é um evento que respeita a cultura, as quebradas, a diversidade e os artistas. Uma oportunidade incrível para a galera mostrar o seu talento ao público, muito respeitoso, que vai prestigiar os artistas,; declarou Nexx.

Para Aborígine, ;o Sarau Complexo é o palco mais diverso do DF, fruto de uma luta vencida ao conquistarmos o Complexo Cultural, que alegra e mobiliza por onde chega. Estou muito feliz em ter participado, apresentando canções de meu último disco, mas também de prestigiar grandes atrações, como Nexx, Amaro, o projeto novo da quadrilha Si Bobiá, Mirim. Foi lindo;.

Além do rap, teve poesia com Geraldo Ramiere, Luiz Vieira, Carol Araújo, a dupla Duendes Blues, com Domício Chaves e Hamilton Zen. Balé clássico e uma programação infantil vasta que encantou a criançada.

Para a presidente do instituto Embalando Sonhos, da Expansão de Samambaia, Lady Laura, o Sarau Complexo é, para as crianças atendidas pelo Instituto, uma oportunidade de se sentirem cidadãs, com direitos iguais, uma vez que a comunidade do Setor Noroeste de Samambaia tem pouquíssimo acesso à cultura. ;Dar essa oportunidade para as crianças cantarem e dançarem é a chance que temos de transformar vidas através da Cultura; agradeceu.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação