Lembrança de Messi irrita vascaíno

Lembrança de Messi irrita vascaíno

postado em 31/03/2015 00:00
 (foto: Marcelo Sadio/Divulgação/Vasco da Gama)
(foto: Marcelo Sadio/Divulgação/Vasco da Gama)


Rio de Janeiro ; O meia argentino Emanuel Biancucchi, ex-Bahia, treina em São Januário há quase um mês, mas a sua oficialização pelo Vasco dependia de questões burocráticas ligadas ao contrato, que será somente até o fim do ano. Resolvida a papelada, o clube carioca decidiu apresentar ontem o reforço para a sequência da temporada. Ninguém esperava, porém, que a ocasião seria marcada pelo mau humor do atleta, aborrecido pela constante lembrança de que é primo de Lionel Messi, astro do Barcelona.

Apesar de chegar à sala de imprensa sorrindo, Emanuel fechou o semblante logo na primeira pergunta da entrevista coletiva, ao ser questionado sobre a ligação com o parente famoso, principal jogador do Barça e da Seleção Argentina. ;Não gosto deste tipo de pergunta. Até porque sempre me fazem ela;, reagiu o meia de 26 anos.

;O Messi é meu primo, mas estou aqui pelo meu trabalho. Já venho trabalhando no Brasil com muito esforço e empenho, e foi isso que me abriu as portas de um grande clube, como o Vasco. Estou trabalhando fisicamente para render sempre melhor. O Messi serve de inspiração, é meu primo, mas não gosto que falem disso;, explicou o meia, que é ainda irmão do atacante Maxi Biancucchi, que defendeu o Flamengo no passado e atua no Bahia hoje.

Emanuel também foi perguntado sobre a rivalidade cruz-maltina com o rubro-nego. ;Conheço essa rivalidade contra o Flamengo e será muito bom fazer gols nesse clássico. Vou trabalhar muito para que o Vasco possa ganhar sempre que esse jogo acontecer", disse o argentino, que falou das suas características em campo: ;Sou um meia ofensivo, gosto de trabalhar muito a bola no ataque, ajudar a marcar gols. Aqui, no Brasil, tem mais espaço para se jogar do que na Argentina, onde o contato é maior. Por isso, espero que meu futebol possa fluir;, analisou.

Indagado se estará à disposição do técnico Doriva para o jogo de amanhã, Biancucchi descartou a possibilidade por não estar em condições físicas ideais. O Vasco estreia na Copa do Brasil diante do Rio Branco-AC, a partir das 19h30, na Arena da Floresta, em Rio Branco (AC). Como Emanuel não está inscrito no Campeonato Carioca, sua estreia no time segue sem data definida.

Lesões minam
o Botafogo

Vice-líder do Carioca, o Botafogo está muito perto das semifinais. A vaga poderá sair no domingo, diante do Madureira, na penúltima rodada da primeira fase. O alvinegro terá a chance de se classificar antecipadamente até com um empate, dependendo dos resultados de outros jogos. Antes, o técnico René Simões precisa equacionar os desfalques na equipe, que estreia amanhã na Copa do Brasil, às 22h, contra o Botafogo-PB, em João Pessoa. Cinco dos principais atletas estão lesionados: o volante Marcelo Mattos, os meias Sassá e Diego Jardel e os atacantes Rodrigo Pimpão e Tássio.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação