ARI CUNHA

ARI CUNHA

Desde 1960 Visto, lido e ouvido aricunha@dabr.com.br com Circe Cunha / circecunha.df@dabr.com.br

postado em 03/09/2015 00:00


O caminho do meio

Já vão longe os dias em que murros na mesa, xingamentos e constrangimentos públicos compunham o perfil gestor da primeira mulher a ocupar o mais alto cargo da República. Esses dias ficaram para trás. Lipoaspirada física e moralmente, não há como não reconhecer o que acontece com quem não tem postura para assumir o poder: Dilma perdeu o cetro. Com ele foi-se também a credibilidade necessária para conduzir a administração do país. A saída encontrada foi delegar, a contragosto, aos poucos áulicos que ainda circulam à sua volta nesgas de poder, livrando-se de parte da carga que lhe vergam as costas e encurtam as noites.

Ao ministro da Fazenda deixou o fardo mais pesado. Coube a ele a remontagem do avião, espatifado em mil pedaços nas areias do deserto, e pô-lo a voar mais uma vez. Tarefa que terá de cumprir tão logo se livre das muitas armadilhas espalhadas no caminho. A missão de reorganizar a base política, como se fosse possível nesta altura dos acontecimentos dada a situação dos cofres, foi confiada a trio que, até há pouco, vivia nas sombras.

Um deputado cuja notoriedade se deve muito mais a situações em que se misturam cueca, dólares, polícia e aeroporto do que a outro fato qualquer. Outro membro da trinca já passou a mão no rosto quando a chefe discursava ululando com as palavras soltas. Coube, por fim, a ex-coveiro, muito apropriadamente o arremate dos acordos natimortos. Com uma equipe política com essas características limitadas, a carruagem não vai longe.
Dos desastres amealhados ao longo de mais de uma década que vieram desaguar agora em torrente avassaladora, salvam-se, talvez, lições que poderão servir de balizas para o futuro. Uma das mais importantes, seguramente, é impedir que subam na mesma rampa republicana do Planalto o eleito e seu partido deixado na planície com seus vícios e apetite pantagruélicos.

Aos partidos cabem a interlocução com a sociedade, não a razia nos cofres públicos. Mais importante ainda, para quem é imantado pela luz dourada do poder, é trilhar o caminho do meio, mantendo-se equidistante dos extremos, dentro dos limites do bom senso. Para isso é necessário, antes, muito estofo.



A frase que foi pronunciada

;O perdão de Deus não pode
ser negado a qualquer um
que se tenha arrependido.;

Papa fazendo curativo espiritual na cicatriz de milhões de mulheres que abortaram no mundo


Educação

; Abertas as inscrições para o Prêmio Sesc de Contos Machado
de Assis e para o Prêmio Sesc de Crônicas
Rubem Braga. O material pode ser enviado até 30 de novembro. Cada participante pode inscrever até dois trabalhos inéditos. O tema é de livre escolha. Este ano, ambos somam R$ 9 mil em prêmio. Os 15 melhores contos e crônicas serão reunidos para coletânea publicada pelo Sesc. Mais informações no site: sescdf.com.br

Bilhões

; Sobrou do Mané Garrincha um lado útil. A área se transformou em estacionamento para empresas de
transporte público.

Pesquisa Fecomércio

; Agências de viagens, petshops, vestuários e autoescolas tiveram queda de até 16% nas vendas. As regiões administrativas que mais estão sofrendo com o baixo desempenho das vendas de serviços são a Candangolândia, o Guará e o Núcleo Bandeirante. Somados, representam queda de 11,05%.

Ah, se todos fossem iguais a você!

; ;Por que uma pessoa, para ser feliz, precisa trocar o celular a cada três meses? Precisa de um novo carro a cada dois anos? Pagar as contas é sinal de felicidade? É necessário tempo para dar um abraço nos filhos, ficar com os amigos e com a mulher querida. Isso não é apologia da pobreza, é outro tipo de riqueza;, disse Pepe Mujica


História de Brasília

O ensino em Brasília está assim: ontem foi inaugurado o jardim da infância da Superquadra 108 e se matricularam alunos de todas as superquadras, sem que algum aviso fosse feito. Agora, os alunos daquela quadra não dispõem de jardim da infância porque a capacidade para cada sala é de 25 alunos e já há 30.
(Publicado em 23/8/1961)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação