>> HUMOR

>> HUMOR

postado em 04/01/2018 00:00
Lojinha do turco
Um cara engravatado entra na lojinha do Samir na Rua da Alfândega e olha com desprezo para o balcão escuro, as roupas penduradas em ganchos e o chão de tacos de madeira sem polimento. O Samir se irrita com o desprezo do sujeito e diz:
; Está olhando feio bra lujinha de Samir? Com este lujinha, Samir tem abartamento Ibanema, tem casa Búzios, tem casa Cambos da Jordão, tem abartamento no Beirute, tem filho estuda medicina Estados Unidos, tem filha estuda moda Paris, tudo só cum lujinha!
O sujeito vira e diz:
; O senhor sabe quem eu sou? Sou fiscal do Imposto de Renda!
; Muito brazer! Eu Samir, baior mendiroso de Rua do Alfândega.

Choro do Joãozinho
Joãozinho chega chorando na escola e Pedrinho assustadamente pergunta:
; Mas o que aconteceu Joãozinho?
; Ah, Pedrinho, meu primo...
; O que ele tem?
Joãozinho ainda mais desesperado responde:
; Ele vai fazer muita falta!
; Por que? Ele faleceu?
; Não, virou zagueiro...

Homem bonito
A família está reunida vendo álbuns de fotografias. Lá está a foto de um jovem elegante, simpático e muito bonito.
A Mariazinha vira-se para a mãe e pergunta:
; Mamãe, quem é esse homem tão bonito?
; É o seu pai, Mariazinha.
Então a garota chega perto da mãe e fala bem baixinho:
; E quem é esse gordo, feio, careca e chato que mora com a gente?

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação