Árbitro prejudica o Cruzeiro

Árbitro prejudica o Cruzeiro

postado em 09/09/2018 00:00
O Cruzeiro usou time misto ontem e empatou sem gols com o Sport, na Ilha do Retiro, pela 24; rodada do Campeonato Brasileiro, em uma partida de pouca criatividade de ambos os lados. O time mineiro ainda desperdiçou um pênalti cobrado por Raniel, revelado pelo Santa Cruz, defendido por Magrão.

O goleiro de 41 anos tem feito história com a camisa do Sport, onde está há 13 anos. Com o pênalti de Raniel, Magrão defendeu a 33; cobrança da carreira. ;Graças a Deus por mais um pênalti defendido na carreira. Temos que valorizar o ponto;, disse o herói rubro-negro. O resultado, porém, não foi suficiente para tirar o time do Z-4.

A partida também foi marcada por uma polêmica. No primeiro tempo, Barcos balançou as redes para o Cruzeiro, mas o gol foi mal anulado pelo árbitro Vinicius Gonçalves Dias Araújo. O volante Marcão dava condições ao ;Pirata;. os jogadores do Cruzeiro reclamaram muito da marcação. No fim da partida, o juiz pediu desculpas pelo erro.

;Fizemos uma grande partida. Jogar aqui sempre é dificil, calor. Tivemos o controle do jogo. Tivemos um gol que o juiz assumiu que errou. Foi mais incompetência nossa mesmo, não quero transferir a culpa para ninguém. Ele (árbitro) pediu desculpa. Todos somos sujeitos a erros. Para mim, foi a primeira vez que o árbitro pediu desculpas;, comentou o volante Bruno Silva, do Cruzeiro.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação