Intenso potencial para crescer

Intenso potencial para crescer

postado em 10/10/2018 00:00
 (foto: Omar Paixão/Divulgação)
(foto: Omar Paixão/Divulgação)



Uma das principais executivas da operação brasileira da Mondelez Internacional, Grazielle Parenti recebeu da matriz, há pouco mais de três anos, a missão de ajudar a conduzir a subsidiária no mais intenso caminho de transformação da estrutura organizacional da companhia. Além de contribuir com as decisões estratégicas na área comercial, coordena iniciativas que contribuem para inclusão social e redução das desigualdades dentro da companhia. Atualmente, 900 dos 9 mil funcionários sob seu comando desenvolvem trabalhos voluntários e ajudam a criar planos de ação por uma sociedade melhor. ;A ideia é recriar e despertar o sentimento solidário e incentivar as práticas de sustentabilidade ou de respeito ao meio ambiente;, diz ela, nesta entrevista.


Como a Mondelez avalia 2018?
Da melhor maneira possível. Ampliamos nossa liderança na comercialização de snacks, mercado com potencial de US$ 30 bilhões. Superamos as dificuldades provocadas pela crise econômica e avançamos em todos os níveis. Nosso desempenho superou as previsões. É com ousadia e criatividade que a gente supera as barreiras.

Quais são as estratégias para continuar crescendo?

Entre várias iniciativas queremos empoderar mais os mercados regionais para que a gente se aproxime dos consumidores, além de ouvir as pessoas, pesquisar os canais de venda mais estratégicos e tomar decisões de interesse comunitário, como formato de embalagens, sabores e várias medidas vinculadas à estrutura de operacionalidade.

A Mondelez pretende trazer novas marcas?

Sim. Como falei, nunca paramos de pesquisar as opções a serem levadas à clientela do país inteiro. Os snacks estão consolidados e comprovam que podemos caminhar muito mais. Um dos maiores exemplos é o lançamento de sorvetes que caíram no gosto popular.

Em um mundo cada vez mais preocupado em consumir alimentos saudáveis, qual é o plano da Mondelez para não ficar dependente de produtos com açúcar, gordura trans e altos teores de calorias?

Focalizarmos ao máximo nos componentes orgânicos produzidos pela empresa. É o que nos estimula a investir em pesquisas do gênero. Trata-se de uma tendência mundial, que atrai os adeptos de um tipo de alimentação reconhecidamente saudável. Projetamos aumento de 3% para o atual exercício na receita orgânica da Mondelez. Nosso alvo se resume ao crescimento gradual, à execução bem planejada e cultura mostrada à comunidade.

Qual a importância da operação brasileira nos resultados globais do grupo?
O Brasil representa 46% das vendas da América Latina. E a América Latina responde por 14% dos resultados globais. Ou seja, o mercado brasileiro tem um imenso potencial de crescimento.

Há planos de investimentos, ampliação de fábrica ou aquisição de empresas?

No Brasil já adotamos iniciativas atreladas à nova estratégia que colocamos em prática. Aqui, marcamos presença nas quatro principais categorias da Mondelez. Seguiremos fortes tanto nas marcas nacionais quanto nas globais.

E quanto ao comércio eletrônico?
A Loja Lacta é excelente experiência para os consumidores. A Loja Mondelez (B2B) é direcionada aos pequenos lojistas. O marketplace atua e cresce nos sites Americanas, Submarino e outros que comercializam nossos produtos. (NC)




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação