Dona da pousada é enterrada

Dona da pousada é enterrada

» Mariana Peixoto
postado em 30/01/2019 00:00
 (foto: Tulio Santos/Estado de Minas)
(foto: Tulio Santos/Estado de Minas)


;O que aconteceu não vai se repetir. A ganância não pode perdurar. Haverá luta, sim, mas pela paz, pelo amor. E será uma luta de todos nós.; Com estas palavras, que vieram seguidas de um pedido de palmas, Paulo Coelho Mascarenhas despediu-se da mãe, Cleosane Mascarenhas. A proprietária da pousada Nova Estância, destruída pela onda de rejeitos que varreu a região de Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na sexta-feira, foi enterrada, ontem, no Cemitério do Bonfim, na capital mineira.

O proprietário da pousada, Márcio Paulo Mascarenhas, e o filho mais velho do casal, Marcinho, continuam desaparecidos. O enterro de Cleosane reuniu centenas de amigos e parentes do casal. No velório, com caixão fechado, havia somente coroas de flores e duas imagens de Cleosane.

Uma das amigas, que pediu para não se identificar, estava com as unhas pintadas de um azul forte. ;Azul Cléo;, ela mencionou. Gostava tanto da cor ;que acabava com todo o azul; na hora de fazer as peças em cerâmica. Segundo ela, Cléo estava na pousada quase que ;por acidente;, pois passava as sextas-feiras em BH. ;Resolveu se antecipar a ida por causa da onda de calor;, lamentou a amiga.

Generosidade foi a palavra mais repetida pelos amigos ao se referir a Cleo, como os mais próximas a chamavam. Era ceramista e suas peças enchiam a pousada Nova Estância, construída na área de uma antiga fazenda que pertenceu a sua família. Cleo, Márcio e Marcinho viviam entre a pousada e Belo Horizonte. A Nova Estância tinha 18 apartamentos. Havia uma casa ao lado, onde Cleo, Márcio e Marcinho moravam. A área ainda permitia três ateliês ; os de Cléo e Marcinho, de cerâmica, e o de Márcio para pintura.

Pela proximidade de Inhotim ; distante apenas 8km da cidade de Brumadinho ; a Nova Estância era muito procurada por turistas que vinham a Minas Gerais conhecer o instituto. Ao longo dos anos, a pousada recebeu Caetano Veloso, os jornalistas Sandra Annenberg e Ernesto Paglia, o ex-casseta Marcelo Madureira e o ator Marcos Veras.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação