Aécio diz que Marina copiou plano de FHC

Aécio diz que Marina copiou plano de FHC

Presidenciável tucano acusa Marina de copiar programa de Fernando Henrique Cardoso e afirma que lutará "até o último instante". Dilma faz campanha ao lado de Lula e volta a artilharia contra adversária do PSB

Isabella Souto Felipe Seffrin
postado em 03/09/2014 00:00
 (foto: Orlando Brito/Coligação Muda Brasil)
(foto: Orlando Brito/Coligação Muda Brasil)

Belo Horizonte e São Bernardo do Campo (SP) ; O candidato do PSDB a presidente da República, senador Aécio Neves, reafirmou ontem a candidatura ao Palácio do Planalto. Ao lado das principais lideranças do partido, o tucano desmentiu boatos de que renunciaria e aproveitou para fazer críticas a Marina Silva, que disputa as eleições pelo PSB. Ele definiu Marina como uma ;metamorfose ambulante; e ainda a acusou de plagiar o Programa Nacional de Direitos Humanos lançado em 2002 pelo então presidente, Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Aécio ainda mostrou confiança de que estará no segundo turno das eleições ; embora pesquisas de opinião o coloquem atualmente em terceiro lugar na disputa. Em um dia nervoso na campanha eleitoral, o PT também partiu para o ataque contra a candidata do PSB. A presidente Dilma Rousseff (PT), o ex-presidente Lula e líderes do partido fizeram um movimento orquestrado de críticas a Marina.

No início da noite de ontem, o tucano convocou coletiva de imprensa para dizer que vai ;lutar até o último instante;. Na ocasião, Aécio distribuiu um documento com o programa de governo divulgado na semana passada pelo PSB, que teria trechos idênticos ao plano de FHC. Aécio Neves falou sobre o assunto ao lado de Fernando Henrique, que compareceu à coletiva com o intuito de reafirmar a candidatura do PSDB. ;Talvez o senhor não saiba, presidente, que o capítulo dos direitos humanos da candidata Marina, do programa de governo, é uma cópia fiel do PNCH apresentado pelo seu governo em 2002;, disse o tucano.

Aécio ressaltou que Marina foi filiada ao PT ; inclusive comandando o Ministério do Meio Ambiente durante a gestão de Lula ; e que não é possível saber se a adversária ;amanhã terá o mesmo pensamento de ontem ou de anteontem;. Ainda afirmou que a candidata que agora elogia Fernando Henrique (ela tem dito que valoriza as políticas econômicas dele), no passado votou contra o Plano Real e a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) quando ocupou uma cadeira no Senado pelo PT do Acre.

Ao classificar Marina como uma ;metamorfose ambulante;, o tucano disse que ;o eleitor precisa saber em que Marina ele vai votar. Na que hoje ataca o PT ou na que fez sua trajetória no partido;, e completou que a adversária não tem um ;time; para governar. Sobrou também para a presidente Dilma, que tenta a reeleição. ;O improviso nunca é o melhor conselheiro, e as duas candidatas mostram que alteram as convicções ao sabor dos ventos;, argumentou. ;Estamos vendo, de um lado, um governo que reage aos índices das pesquisas alterando suas convicções, o que não é bom ; age até com certo desespero ;, e que vai perder as eleições. E, do outro lado, o que eu vejo é uma candidatura que mais se assemelha a uma metamorfose ambulante, que altera as próprias convicções ao sabor das circunstâncias.;

Política industrial
Dilma Rousseff participou de evento no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP), onde atacou Marina. Segundo a petista, o programa de governo da socialista ;reduz a pó a política industrial; do país. ;Fiquei muito preocupada com o programa da candidata Marina, porque ela reduz a pó a política industrial. Quer tirar o poder dos bancos públicos de participar do financiamento da indústria e da agricultura. Fico preocupada quando querem acabar com o papel do BNDES;, ressaltou.

;A candidata (Marina) é contra a política de conteúdo local tanto para a indústria automobilística como para a indústria do petróleo;, disse Dilma, ao lado de Lula, a uma plateia formada por metalúrgicos e sindicalistas.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação