Melhor do que a Copa

Melhor do que a Copa

Inclusão da Arena da Amazônia e do Engenhão no programa do futebol atrapalha, mas não míngua o calendário do ano que vem: o Mané Garrincha deve receber mais jogos do que no último Mundial

Rodrigo Antonelli
postado em 17/03/2015 00:00
 (foto: Evaristo Sa/AFP - 14/12/14)
(foto: Evaristo Sa/AFP - 14/12/14)


A confirmação da Arena da Amazônia e do Engenhão como sedes do futebol nos Jogos Olímpicos do Rio-2016, divulgada ontem pela Fifa, vai diminuir a participação do Estádio Nacional Mané Garrincha no evento. Ainda assim, a arena candanga se prepara para receber 12 partidas da modalidade, entre o masculino e o feminino.

;Serão mais jogos do que na Copa;, confirmou ao Correio Jaime Recena, secretário de Turismo do DF. A capital recebeu sete jogos do Mundial de 2014. Inicialmente, o Governo do Distrito Federal (GDF) esperava receber 14 partidas das Olimpíadas no Mané. Mas a inclusão de duas novas sedes reduziu o número.

No início das conversas com a Fifa, havia apenas cinco sedes confirmadas ; Maracanã, Itaquerão, Mineirão, Fonte Nova e o próprio Mané Garrincha. Só ontem a entidade chancelou a presença da Arena da Amazônia, em Manaus, e o Engenhão, como segundo estádio do Rio de Janeiro. A cidade do Norte acredita que receberá oito confrontos, segundo o governador do Amazonas, José Melo.

Bastidores

O Correio apurou que há uma disputa nos bastidores para que ao menos um dos jogos em
Brasília seja da Seleção Brasileira, masculina ou feminina. A cidade é vista com bons olhos para receber partidas das meninas por causa da organização do Torneio Internacional de futebol feminino no Mané nos dois últimos anos. A média de público agradou aos organizadores.

Enquanto não há confirmação do calendário, o GDF trabalha em projetos para atrair turistas, usando a Olimpíada como chamariz. ;Tivemos um papel importante na Copa do Mundo, com sete jogos, e fomos uma das cidades mais bem avaliadas pelos turistas. Agora, temos que fazer um trabalho forte para atrair mais turistas. Estamos em cima disso;, conta Jaime Recena.

Aos brasilienses, fica a esperança de rever craques como Cristiano Ronaldo, Messi e Neymar, que já pisaram no gramado do Mané durante a Copa do Mundo, no ano passado. Apesar de não terem mais idade olímpica (até 23 anos), os três são os craques de suas seleções e certamente estarão na lista de exceções dos técnicos de Portugal, Argentina e Brasil, respectivamente. Cada time masculino tem direito a três fora da cota de idade. A equipe feminina vem completa.

Timão resiste
a ceder estádio

O Corinthians reagiu ao anúncio de que Itaquera será uma das sedes dos Jogos de 2016 com ameaças à Prefeitura de São Paulo. Reivindicando recursos por ter seu estádio no Mundial da Fifa, o clube disse que não participará do evento se não tiver as exigências atendidas. A questão gira em torno dos Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento (CIDs), papéis que financiariam R$ 420 milhões do custo da arena, superior a R$ 1 bilhão. O Timão não consegue vender os CIDs, porque sua legalidade é questionada, e cobra uma posição da Prefeitura.

Tabela até 26 de março

Como o primeiro lote de ingressos para as Olimpíadas começa a ser vendido no fim do mês, o objetivo do Comitê Organizador dos Jogos é definir a tabela do futebol até a quinta-feira da semana que vem. Por enquanto, só está confirmado que o torneio feminino começa em 3 de agosto e o masculino, no dia seguinte.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação