O novo conselheiro

O novo conselheiro

postado em 21/02/2017 00:00


O presidente norte-americano, Donald Trump, nomeou ontem o general do exército H.R. McMaster como novo conselheiro de Segurança Nacional, cargo deixado vago após a renúncia de Michael Flynn. Em sua residência de Mar-a-Lago, em Palm Beach (Flórida), Trump disse a jornalistas que McMaster é especialista em contra-insurgência, ;um homem de tremendo talento e tremenda experiência;. ;Eu li muito sobre ele nos últimos dois dias. Ele é altamente respeitado por todos no Exército, e nós estamos muito honrados por tê-lo;, declarou o presidente. ;Estou impaciente por me somar à equipe de segurança nacional e fazer tudo o que estiver no meu poder para fazer avançar e proteger os direitos do povo americano;, disse o general McMaster. Na folha de serviços de H.R. McMaster consta que ele serviu no Iraque, em 1991, e no Afeganistão, entre 2004 e 2006. O general, no entanto, não era o primeiro nome na lista de favoritos para assumir o cargo. Na semana passada, Trump convidou o vice-almirante Robert Harward, mas ele dispensou o posto, em meio a incertezas sobre o caos na Casa Branca. Flynn precisou renunciar na semana passada, depois da revelação de que teria omitido do vice-presidente, Mike Pence, conversas que manteve com o embaixador da Rússia nos Estados Unidos em relação a sanções impostas por Washington a Moscou. O tenente-general retirado Keith Kellog, que atuava interinamente no lugar de Flynn, voltará a ocupar o posto de chefe de gabinete do Conselho de Segurança Nacional.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação