Babenco eterno

Babenco eterno

postado em 27/02/2017 00:00
 (foto: John Schults /Reuters)
(foto: John Schults /Reuters)

Morto em decorrência de parada cardiorrespiratória, em julho de 2016, o diretor argentino, naturalizado brasileiro, Hector Babenco (foto) esteve entre os artistas homenageados em clipe da Academia. Em meados dos anos 1980, Babenco foi candidato ao Oscar de melhor diretor por O beijo da mulher aranha, tendo perdido o prêmio, ao lado dos icônicos Akira Kurosawa e John Huston. Com Ironweed (1987), ele dirigiu Meryl Streep e Jack Nicholson, e ambos concorreram ao Oscar.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação