Duas tristezas em um só dia

Duas tristezas em um só dia

Em dia de adeus emocionado de Montillo, Botafogo perde jogo de ida das quartas para o Atlético-MG em Belo Horizonte

postado em 30/06/2017 00:00
 (foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)
(foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)

Durante o dia, a despedida do meia Montillo. À noite, a derrota para o Atlético-MG por 1 x 0 no duelo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. A torcida do Botafogo teve uma quinta-feira para esquecer, dentro e fora de campo. Apesar do revés no Estádio Independência, o mata-mata com o Galo está aberto. Se devolver o 1 x 0 no Rio, a vaga às semifinais será decidida nos pênaltis. Triunfo por 2 x 0 garante o Glorioso. O Atlético tem a vantagem do empate.

O equatoriano Cazares foi o autor do gol da vitória do Galo, aos sete minutos do primeiro tempo. A partida terminou com polêmica. Fred foi expulso no início da etapa final, ao cometer falta em Rodrigo Lindoso.

Montillo

Horas antes da partida, Montillo anunciou a sua aposentadoria do futebol profissional. O meio-campista argentino amargou uma série de lesões nesta temporada e, sem conseguir uma sequência de jogos com a camisa do Botafogo, acabou se convencendo de que não teria também como dar continuidade à carreira de maneira competitiva.

Chorando e com a voz embargada, Montillo disse que vinha sofrendo muito por não poder atuar como gostaria. ;Infelizmente, meu corpo começou a avisar que eu não podia ficar mais 100% fisicamente;, lamentou. ;Foram 15 anos muito bons na carreira, mas eu não podia continuar uma coisa que sei que não ia dar certo.;

A decisão de parar de jogar, que ele já vinha analisando por causa dos seguidos problemas com lesões, foi tomada após se ver obrigado a deixar a partida contra o Avaí, na segunda-feira, no Engenhão, aos sete minutos do primeiro tempo, por causa de um desconforto na panturrilha. Foi nada menos do que a quinta lesão dele na temporada.

Contratado pelo Botafogo ao Shandong Luneng, da China, Montillo conseguiu disputar apenas 17 jogos e não marcou nenhum gol.

"Senti vergonha na segunda-feira, e isso foi o último soco que tomei. Não vou alimentar uma morte lenta. Não vou ficar aqui e fazer as pessoas passarem raiva"

Montillo, sobre ter atuado por apenas sete minutos contra o Avaí

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação