As imagens e os sentidos

As imagens e os sentidos

Na exposição Contra cinema, Marcio H promove encontro sinestésico entre as artes

Nahima Maciel
postado em 18/08/2017 00:00
 (foto: Reprodução/Divulgação)
(foto: Reprodução/Divulgação)





Antes de o cinema se tornar indústria, havia um pré-cinema. Naqueles tempos, a imagem em movimento foi investigada à exaustão. Era preciso encontrar todas as possibilidades antes de chegar à tecnologia que conhecemos hoje e foi por esse mundo que o artista e pesquisador Marcio H se interessou quando criou as obras de Contra cinema. Em cartaz na Alfinete Galeria, a exposição reúne videoinstalações nas quais o artista explora várias perspectivas da imagem.

Estrutura e arquitetura das projeções são colocadas em evidência para falar de como as imagens se relacionam, também com os sentidos. ;Tenho trabalhado muito com essa questão de sinestesia;, explica. ;Cada trabalho apresenta uma estrutura de presentificação da imagem diferente.; Sons, imagens, movimento, sensações (é possível sentir o vento em alguns trabalhos;) aparecem nas videoinstalações feitas com imagens abstratas, mas cuja cor está sempre ligada à ideia do arco-íris.

A mostra reúne seis trabalhos e ocupa duas galerias: além da sede da Alfinete, na 103 Norte, Marcio H também montou obras na antiga sede do espaço, na 116 Norte. Para falar de arte e tecnologia, ele também organizou dois encontros com artistas. No dia 25, Milton Marques e Alexandre Rangel conversam com o público. Em 5 de setembro, será a vez de Hieronimus do Vale e do próprio Marcio H.

Serviço
Contra cinema
Exposição de Marcio H. Visitação até 9 de setembro, de terça a domingo, das 17h às 21h, na Alfinete Galeria (103 Norte e 116 Norte).




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação