Empate insosso frustra as duas torcidas

Empate insosso frustra as duas torcidas

postado em 13/11/2017 00:00
 (foto: Paulo Fernandes/Vasco)
(foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Sem inspiração e tomando sufoco no fim, o São Paulo conseguiu empatar com o Vasco por 1 x 1, em São Januário, e chegou aos 45 pontos, praticamente enterrando a possibilidade de rebaixamento. Os pontos perdidos, porém, deixam o time mais longe do sonho de voltar à Libertadores. Já o time cruz-maltino não conseguiu o resultado que queria como mandante, na volta a seu estádio após quatro meses, mas ao menos segue firme na luta por uma vaga fase preliminar da competição continental.


O primeiro tempo foi morno, com muitos jogadores no meio-campo, excesso de marcação e pouca criatividade. O Vasco tomava a iniciativa, mas parava facilmente na defesa do São Paulo. Assim, a melhor chance carioca veio numa cobrança de falta de Nenê, para fora.


O tricolor só conseguiu abrir o placar, aos 39 minutos do primeiro tempo, graças a uma falha do volante Jean, que perdeu a bola para Marcos Guilherme na entrada da grande área. Depois do desarme, o atacante são-paulino acertou um chute forte e marcou um golaço.


Na volta do intervalo, o técnico Zé Ricardo lançou os jovens do time em campo. Evander tentou e levou perigo a Sidão, mas o responsável pelo empate foi Caio Monteiro, que aproveitou rebote do goleiro em chute de Ríos.


O Vasco chegou a 10 jogos de invencibilidade, mas com seis empates no período. Questionado, Zé Ricardo se defendeu em entrevista. ;Nenhum técnico entra para empatar, não há dúvidas de que aqui tentamos vencer. Mas não tem como controlar o destino, tem os lados dos dois times;, afirmou o comandante cruz-maltino.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação