Sem favorito para ser eleito campeão

Sem favorito para ser eleito campeão

Empate entre Palmeiras e Flamengo mantém o time paulista na liderança da competição, mas anima os rivais para a briga pelo título. Jogo teve gol de Marlos Moreno, que não marcava havia dois anos

postado em 28/10/2018 00:00
 (foto: Gilvan de Souza/Flamengo
)
(foto: Gilvan de Souza/Flamengo )


Foi um empate técnico. O embate entre os dois primeiros colocados do Campeonato Brasileiro acabou com o placar de 1 x 1, no Maracanã, pela 31; rodada da competição. Assim, o Palmeiras manteve a vantagem de quatro pontos para o Flamengo na tabela de classificação ; 63 a 59 pontos. O time paulista saiu na frente, mas sofreu a igualdade e conseguiu segurar a pressão rubro-negra no final.

O Palmeiras até que começou bem, mantendo uma marcação forte e tentando incomodar o rival. Mas, aos poucos, o Flamengo passou a ter o domínio do jogo e chegou inclusive a ter uma posse de bola superior a 70%. O time da casa tentou de várias formas, mas a defesa alviverde estava bem postada. Essa postura defensiva contou com as escolhas do técnico Luiz Felipe Scolari, que optou pelo zagueiro Luan na lateral-direita, dois volantes e um meio de campo com Guerra, Hyoran e Dudu para tentar criar as jogadas. Do outro lado, Dorival Junior apostou nos lados do campo.

Aos 34 minutos, parte dos refletores do Maracanã se apagou e isso deu tempo de o Palmeiras se acertar melhor em campo. Na retomada da partida, o time, que já vinha se destacando na defesa, ajudou o meio-campo e passou a levar perigo em contra-ataques.

Na volta do intervalo, a estratégia de Felipão deu certo em pouco tempo. Em um lançamento de Antônio Carlos, Dudu recebeu em velocidade, tirou Pará da jogada e mandou no canto esquerdo de César, abrindo o placar. O Flamengo foi com tudo para tentar o empate. Até que chegou lá com Marlos Moreno, que não fazia um gol havia 77 partidas, desde junho de 2016. E ficou assim.

Sem lamentações
O técnico Dorival Júnior, do Flamengo, preferiu ver pontos positivos do Palmeiras do que criticar sua defesa por causa do gol de Dudu. ;Foi uma jogada de felicidade do Dudu. Craque, que tem algumas qualidades que desequilibram. O Palmeiras foi cirúrgico. Foi o único contra-ataque que proporcionamos;, analisou o treinador. Já Felipão comemorou. ;Tínhamos um estudo sobre onde perdíamos e ganhávamos mais pontos. Parece que depois que assumimos a liderança, tivemos performance boa da oitava posição para cima. Mas o principal, e isso é importante: não adianta ter bom desempenho contra esses (os melhores) e não ter contra os times da parte de baixo. Porque valem os mesmos três pontos. O jogo que mais temia era o Ceará, não hoje (ontem);, definiu.

O resultado agradou aos rivais diretos na briga pelo título. O Internacional, que havia empatado com o Vasco fora de casa, na sexta-feira, tem 58 pontos e segue um atrás do Flamengo, ainda na terceira colocação. Em quarto, o São Paulo tem 56. Na próxima rodada, o Palmeiras fará o clássico com o Santos, enquanto o Flamengo visitará o São Paulo.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação