Carta ao meu Pai - Brasília celebra 59 anos!

Carta ao meu Pai - Brasília celebra 59 anos!

JOSÉ FERNANDO APARECIDO DE OLIVEIRA Prefeito da cidade de Conceição do Mato Dentro, Minas Gerais, e presidente da Associação das Cidades Históricas de MG (ACHMG)
postado em 01/07/2019 00:00
Há 59 anos, nascia a cidade de Brasília, e você, pai, contava com seus 31 anos. Assim, neste ano de 2019, celebramos 59 anos da fundação da capital da República e comemoramos os seus 90 anos. Quando ainda Ministro da Cultura, sendo presidente José Sarney, você recebeu o convite para assumir o Governo do Distrito Federal. O convite significava %u2014 e era %u2014 uma convocação, pelo momento delicado que ainda vivia o Brasil, no processo de consolidação da democracia. Em Brasília, especialmente, fazia-se necessário um timoneiro que conduzisse a capital da República às melhores ações políticas e, também, promovesse os diálogos entre os grupos articuladores das novas diretrizes governamentais. Era necessária uma ação conjunta dos líderes, reunindo esforços para abrir os novos caminhos até a promulgação da Constituição de 1988. Seu espírito cívico o levou de imediato ao senso de dever e, naquele momento, você renunciou ao Ministério da Cultura %u2013 que fora criado para você ampliar, nacionalmente, ações culturais que haviam sido deflagradas nos dois anos anteriores, em sua gestão à frente da Secretaria de Estado da Cultura de Minas Gerais. Em 1986, nosso Estado sentiu a sua ausência, quando os nomes dos futuros candidatos ao Governo de Minas se anunciavam, mas você não poderia estar entre eles. O amigo e companheiro político Itamar Franco seria então eleito e assumiria o Governo de Minas, enquanto você governava o Distrito Federal. A todos os brasilienses e ao Brasil, posso afirmar que, na capital da República, você exerceu uma das mais significativas ações da sua alma política. É a única cidade do século 20 a ser reconhecida como Patrimônio da Humanidade pela Unesco. E foi você, governador do Distrito Federal, quem gestou e realizou mais esse sonho. Em uma de suas entrevistas ao amigo jornalista Ziraldo, declarou que, %u201Cse não tivesse conseguido isso, teriam transformado o Plano Piloto em um conjunto de edifícios altos e horrorosos rodeados por estacionamentos%u201D. Você, Juscelino Kubitschek, Lúcio Costa, Burle Marx e Oscar Niemeyer podem celebrar! Brasília continua esplendorosa e é admirada mundialmente pelo extraordinário Projeto Arquitetônico e os monumentos, que deixam a todos extasiados aos pés dos Anjos da Catedral. Contabilizados três anos no Governo, você entregava a conclusão de monumentos como o Panteão da Democracia e da Liberdade, a Pira da Pátria, o Museu de Arte Moderna, o Gran CircoLar e, também, um importante projeto de Oscar Niemeyer em uma cidade-satélite: a Casa do Cantador, conhecida como o Palácio da Poesia %u2014 é um centro para os cantadores de cordel e outras tradições orais. Esta é a poesia de sua alma: lutar por aqueles cuja voz possa se expandir nos horizontes para falar de integração e promover igualdades de oportunidades. Perseguindo esse objetivo, você estabeleceu, como meta de sua administração, a construção do metrô ligando as cidades-satélites. Ainda em seu governo, realizou-se, em Brasília, o Primeiro Congresso Holístico Internacional. Nesse evento, Pierre Weil manifestou o desejo de fundar uma escola para promover valores da paz. Quando você soube desse projeto, anunciou, durante o congresso, a doação, pelo governo do Distrito Federal, de um terreno para criarem o câmpus da Unipaz e a Fundação Cidade da Paz. Ao visitar a Unipaz, a advogada e professora Heloisa Monteiro, mineira, que acompanha suas atividades, o homenageou: %u201CJosé Aparecido olhou além, um homem de vanguarda, um político que acreditou em um sonho de promover a paz! Graças à iniciativa dele, a Unipaz completou 32 anos com sede em Brasília e está presente em outros Estados da federação através das associações%u201D. Pai, as suas energias de paz hoje vibram e se direcionam ao Brasil e a Brasília, Patrimônio Mundial da Humanidade! Cidade da Universidade da Paz! Esteja em Paz! Com amor...

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação