Muito além da política

Muito além da política

Por Bernardo Bittar
postado em 08/12/2019 00:00
 (foto: Breno Fortes/CB/D.A Press)
(foto: Breno Fortes/CB/D.A Press)

Portaria milionária
Além da verba gasta com auxílio-moradia de parlamentares que não usam apartamentos funcionais, a Câmara dos Deputados desembolsa cifras altas com a manutenção das unidades ocupadas. Para se ter uma ideia, a Casa paga uma conta superior a R$ 5 milhões todo ano com os salários dos porteiros e seguranças dos edifícios da 302 Norte, a ;quadra dos deputados;, com prédios unicamente funcionais.

Orçamento
Uma equipe de 85 pessoas presta os serviços de conservação, limpeza, atendimento de portaria e garagem na 302. Além deles, três outros ficam na Gestão Predial dos Imóveis Funcionais, também com gordos salários. Procurada, a Câmara diz que a verba ;está contemplada no Orçamento e faz parte dos custos de manutenção dos imóveis funcionais;.

Levantamento
A coluna fez o levantamento de apenas uma das quadras com imóveis funcionais da Câmara, que também tem unidades na 202 Norte, na 111 Sul e na 311 Sul. Ao todo, a Casa conta com 432 apartamentos destinados para residência dos deputados em exercício. O gasto, portanto, é muito maior.


Amigos para sempre
Equivocou-se quem apostou se tratar de oportunismo a amizade entre o ex-deputado Beto Mansur (MDB) e o ex-presidente Michel Temer (MDB), aliados de primeira hora no último governo emedebista. Sem mandato, os dois continuam próximos. Foram juntos até Salamanca, na Espanha, onde Temer fez palestra para estudantes e falou sobre ;o futuro do Brasil;.


Conectado
Para falar com o senador Izalci Lucas (PSDB-DF), não tem erro. Ele acompanha o celular de perto, monitora as redes sociais e costuma atender às ligações com facilidade. O motivo é que o parlamentar é fã dos produtos da Apple e sempre quer aprender as funcionalidades dos aparelhos. Naturalmente, tem um iPhone 11 novinho.


Inclusão social 1
Desde o discurso que a primeira-dama Michelle Bolsonaro fez usando a língua dos sinais, havia a expectativa de que ela fosse se envolver com temas que dizem respeito a pessoas com deficiência. E, de fato, ela teve participação em projetos sociais. Representantes de entidades, no entanto, dizem que a atuação da mulher do presidente mostrou-se ;fraca; e ;sem resultados reais; neste primeiro ano de vida pública.

Inclusão social 2
Associações que representam cegos e surdos, por exemplo, se queixam da falta de agenda com a primeira-dama. Esperavam encontrar portas mais abertas no Palácio do Planalto. Como ainda não aconteceu, integrantes de fundações voltaram a percorrer os gabinetes do Congresso Nacional em busca de apoio. Um dos mais procurados é o iniciante Felipe Rigoni (PSB-ES), primeiro deputado cego eleito na história do Parlamento.


Itinerário
Em viagem a Genebra, na Suíça, o deputado Túlio Gadelha (PDT-PE) defendeu o que chamou de ;descasos e abusos; cometidos pelo governo de Jair Bolsonaro contra a erradicação da escravidão moderna. O parlamentar participou de discussões na Organização das Nações Unidas (ONU) e, nos intervalos, encontrou tempo para passear com a namorada, a apresentadora Fátima Bernardes.


Pompoarismo
A Associação dos Servidores do TSE manifestou insatisfação com uma nota publicada em 24 de novembro sobre o curso de pompoarismo oferecido pela Corte a 16 servidoras. O tema é tratado com respeito por esta coluna, e já foi alvo de diversas resportagens do jornal, inclusive, na Revista.


Excelentíssima Beretta
Frequentadora assídua dos eventos no Palácio da Alvorada, Beretta Bolsonaro, cachorrinha do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e da mulher, Heloísa, tem até conta própria no Instagram. A vira-lata foi adotada pelo casal em Brasília e está prestes a fazer um ano. Aparece eventualmente nos vídeos publicados pela família, onde é conhecida como Bê.


Faltou articulação
Capitão Augusto (PSL-SP) reclamou para a coluna que está desapontado com a falta de interesse dos colegas deputados pelo requerimento de urgência sobre o Pacote Anticrime do ministro da Justiça, Sérgio Moro. ;Parece que a Casa não quer e não tem interesse (...) É uma matéria que deveria ser prioridade.; O projeto ficou engavetado por pura e simples falta de capital político nas articulações.

Segredinhos...

Diamantes
O Tribunal de Justiça do DF e dos Territórios (TJDFT) ganhou selo diamante na avaliação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) ao lado das cortes de Rondônia e Sergipe.

Orçamento
Em visita ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), o juiz do Rio de Janeiro Erik Navarro deu sugestões sobre a reformulação de custas do Judiciário. Teve ministro que não gostou;

Lei verde
Escolhido para ser o relator da CPI do Óleo, que vai reforçar as investigações sobre o vazamento no litoral brasileiro, o deputado João Campos (PSB-PE) pretende aumentar a participação na legislação ambiental.

Revanchismo
Sobre o homem de 43 anos morto próximo à QL 2 do Lago Norte, a Polícia Civil do DF trabalha com a tese de acerto de contas. É o segundo crime desse gênero que ocorre naquelas imediações em seis meses.

Inflação
A carne de boi sofreu reajuste, chegando ao preço mais alto desde o Plano Real. Bem-humorada, a moça das quentinhas no Senado disse que ;parece o tempo do (José) Sarney;, quando a inflação batia recordes. Ela preferiu não se identificar, especialmente agora, que aumentou o preço das marmitas.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação